Carmen Zanotto pede audiência pública para debater denúncia de estocagem de 6,8 milhões de testes para Covid prestes à vencer

Deputada catarinense é relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.  

Da AGÊNCIA LD
Lages/SC

Foto: Arquivo / Divulgação

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC) que é a relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19 é também a autora de um pedido de realização de audiência pública para debater sobre a denúncia à respeito de 6,8 milhões de testes para diagnóstico do coronavírus que correm risco de perder a validade se não forem distribuídos logo para a rede pública.

::: Receba as notícias no seu WhatsApp. Clique aqui e inscreva-se
 
A audiência está prevista para às 11h da próxima quarta-feira (25) e irá debater sobre a denúncia publicada no jornal Estado de S. Paulo de que haveria 6,8 milhões de exames RT-PCR estocados em um armazém do governo federal em Guarulhos, número este que é maior do que foi utilizado pelo SUS desde o início da pandemia.
 
“Vemos com muita preocupação essa denúncia. Por isso, estamos convidando o Ministério da Saúde e representantes dos conselhos estadual e municipal para debater essa questão. Não dá para imaginar que neste momento de aumento de casos da Covid, de baixa testagem, esses exames possam perder a validade. É necessário que os testes sejam logo distribuídos para a rede pública”, afirmou a parlamentar catarinense.
 
Os convidados a participar da sessão foram: Arnaldo de Medeiros, secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde; Carlos Lula, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass); Roberto Ferreira Dias, diretor do Departamento de Logística em Saúde do Ministério da Saúde; e Willames Freire, presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do músico Guilherme Steffen é encontrado no Guará, em Lages

Inscrições para cursos técnicos gratuitos no IFSC de Lages estão abertas