Feriadão: PRF registra aumento de acidentes, mas cai o número de feridos e mortos

Mais de 1,1 mil motoristas foram autuados por diversas infrações como ultrapassagem em local público, uso de álcool e falta do uso de cinto de segurança.
 
Da AGÊNCIA LD,
Lages/SC 

Foto: Maurício Santos / Agência LD

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta terça-feira, 13, o balanço final da Operação Nossa Senhora Aparecida iniciada na última sexta-feira (9) e que se estendeu até ontem, segunda-feira (12), e os dados apontam que apesar do aumento do número de acidentes, houve o registro de menos feridos e menos mortes se comparado ao mesmo feriado – também prolongado - em 2018. 

 
Segundo a PRF, foram registrados 122 acidentes contra 118 registrados em 2018. Destes, 146 pessoas ficaram feridas (ante 170 de 2018) e ainda o número de mortes que também caiu de cinco em 2018 para duas registradas neste ano.
 
As duas mortes ocorreram no primeiro dia da operação, sendo um motociclista na BR-101, em Itajaí, e um homem após um tombamento na BR-116, em São Cristóvão do Sul, no Planalto Norte catarinense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Autuações
 
Durante a Operação Nossa Senhora Aparecida realizada neste feriadão, foram flagrados 1.139 motoristas cometendo infrações como dirigir sob efeito de álcool, ultrapassagem em local proibido e a falta de cinto de segurança. Confira abaixo, a lista de condutas de risco flagradas pela PRF:
  • 127 motoristas dirigindo sob efeito de álcool;
  • 308 motoristas realizando ultrapassagem em local proibido;
  • 606 motoristas ou passageiros sem cinto de segurança;
  • 45 crianças sendo transportadas sem cadeirinha;
  • 53 condutores manuseando o celular.
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’