Coronavírus: Matriz de risco traz Serra Catarinense no nível grave e região está em estado de alerta

Região voltou ao nível Grave após uma semana no nível alto, além da Serra, outras sete regiões também estão no mesmo nível.
 
Da AGÊNCIA LD
Lages/SC

Foto: Divulgação


Em nova atualização da Matriz de Risco Potencial da Covid-19 em Santa Catarina apontou que a Serra Catarinense teve uma piora na classificação passando do nível alto para o nível grave (cor laranja no mapa). Além da região serrana, outras sete regiões também estão no mesmo nível. Já outras oito regiões estão no nível alto (cor amarela no mapa).

::: Receba as notícias direto no seu Whatsapp. Clique aqui e inscreva-se
 
Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, em relação a matriz da semana passada, quatro regiões tiveram piora em seus índices, são elas: Foz do Rio Itajaí, Alto Vale do Rio Itajaí, Oeste e Serra. Quatro se mantiveram no nível alto: Extremo Oeste, Grande Florianópolis, Laguna e Extremo Sul, e outras duas tiveram seu risco reduzido, o Alto Uruguai e o Planalto Norte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A matriz atualizada também destaca que estão em estado de alerta, as regiões do Extremo Oeste e a Serra Catarinense que registraram aumento no número de óbitos e há uma projeção para elevação do número de casos, a Serra também teve uma variação alta no número de casos ativos, assim como o Extremo Sul, Médio Vale do Itajaí e Alto Vale do Itajaí. 
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Empresário Lucas De Zorzi morre em acidente no Cânion Espraiado em Urubici