Prof. Ed e Pâmela Santos lançam campanha em live

Candidatos do PSOL lançaram a campanha através de live realizada na noite de ontem, domingo (27).
Da ASCOM PSOL LAGES,
Lages/SC
Foto: Reprodução / Facebook

Em live pelo Facebook o professor Ed Antunes e Pâmela Santos, lançaram oficialmente a candidatura do PSOL para a prefeitura de Lages. O encontro virtual com apoiadores do projeto “O nosso trato é com o povo” aconteceu na noite deste domingo (27), marcando a largada da corrida eleitoral.
Durante o encontro os candidatos do número 50 apresentaram seus ideais e bandeiras para concorrer ao pleito. “Defendemos as minorias e, assim como a nível de Brasil, o PSOL está crescendo em Lages, se tornando uma referência nacional em termos de coerência e de combatividade na defesa dos direitos do povo”, aponta o prof. Ed Antunes.
Já para Pâmela Santos, a candidatura do Psol em Lages é mais que fundamental. “Queremos mostrar o quanto a representatividade importa com as candidaturas femininas, Trans, e de trabalhadoras/es.  É preciso acabar com essa cultura de coronelismo imposta em Lages há tanto tempo”, diz. Os candidatos do 50 decidiram lançar a campanha à prefeitura de maneira online, devido às precauções tomadas por conta da pandemia que ainda estamos passando.
Quem são Ed Antunes e Pâmela Santos
Eduardo Antunes de Matos, popularmente conhecido como professor Ed, tem 34 anos, é pai de três filhos, casado, psicólogo e professor. Em sua trajetória de trabalho foi músico, vendedor e taxista. Formado em Psicologia pela Uniplac e Especialista em Desenvolvimento Regional pela mesma Universidade, Ed também trabalha como Terapeuta Comunitário pelo Centro de Ensino, Pesquisa e Atendimento do Indivíduo, Família e Comunidade (CAIFCOM/RS).
Foi militante durante a graduação no Centro Acadêmico de Psicologia, no Núcleo Regional de Santa Catarina da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia, esteve na presidência do DCE da Uniplac entre 2013 e 2014 e foi Educador Social do Sistema Único de Assistência Social – SUAS. Entre outras atividades, atualmente é psicólogo em um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Lages e professor de psicologia e psicologia aplicada no CEDUP Renato Ramos da Silva.
Também psicóloga, Pâmela Santos tem 33 anos, lésbica, feminista e defensora dos direitos da população LGBT+ e luta pelo fim das violências contra as mulheres.  Possui graduação em Psicologia pela Uniplac e especialização em Avaliação Psicológica pela mesma universidade.
É Mestre pelo programa de Ambiente e Saúde na UNIPLAC, onde pesquisou saúde da população LGBT. Atua como Psicóloga em Programas de Saúde na Prefeitura Municipal de Lages, no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e possui experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública, atuando principalmente com  humanização e educação permanente, formação de profissionais para SUS, e desenvolvimento de intervenções de promoção e prevenção de saúde das mulheres. Foi conselheira no Conselho Regional de Psicologia de Santa Catarina (gestão 2016-2019), onde atuou nas comissões Psicologia da Saúde; Psicologia, Gêneros e Sexualidades; e Mulheres e Psicologia, além de ter feito parte da Comissão de Comunicação Social e da diretoria, como vice-presidenta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’