Portaria regulamenta retorno do campeonato catarinense de futsal

A retomada só ficará vetada na região que estiver com potencial de risco em gravíssimo, o que no momento, nenhuma região está.
 
Por FABRÍCIO ESCANDIUZZI da ASCOM SES,
Florianópolis/SC


Foto: Arquivo / Agência LD

A portaria 754, publicada pela Secretaria de Estado da Saúde nesta sexta-feira, 25, permite o retorno de jogos e treinos de futsal promovidos pela Federação Catarinense de Futebol de Salão. A retomada deve respeitar a matriz de risco potencial, ficando vetado o retorno apenas nas regiões que se enquadrarem no risco gravíssimo (cor vermelha). No momento, nenhuma região dos estado está nessa situação.


Visando manter a segurança e a prevenção de aglomerações, o público continua proibido, tanto nos jogos, quanto nos treinos, sendo vedada também a permanência de torcedores nas áreas externas ou entorno do local do evento. Todas as regras seguem o padrão da Portaria SES nº 703, que dispõe sobre a definição de critérios para a retomada dos eventos e competições esportivas organizados pela iniciativa privada e pela Fundação Catarinense de Esporte. A exceção fica pelo Art. 3 caput, inciso II, que não prevê a retomada nas regiões de risco grave (cor laranja).
 
De acordo com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, a autorização se dá a partir da avaliação atual da matriz de risco epidemiológico do Estado: “Entendemos que se faz necessária uma retomada gradual das atividades sociais. Porém, é importante que se tenha consciência que os cuidados devem permanecer, o vírus ainda está presente e devemos estar atentos”.
 
A responsabilidade pela fiscalização do cumprimento das regras está a cargo da Vigilância Sanitária municipal e das Forças de Segurança.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’