Polícia Militar Ambiental intensificará fiscalização durante o período da Piracema

Essa é a época do ano da reprodução dos peixes na bacia do rio Uruguai, na qual os rios da região também fazem parte como é o caso dos rios Caveiras, Canoas e Pelotas.
 
Da AGÊNCIA LD,
Lages/SC

Rio Pelotas é um dos rios que também terá fiscalização no combate a pesca predatória durante o período da Piracema. (Foto: Maurício Santos / Arquivo / Agência LD)

Na próxima quinta-feira, 1º, inicia o período da Piracema, que é o período de reprodução dos peixes nos rios que fazem parte da bacia do rio Uruguai, o que inclui os rios que cortam a região, como o Canoas, Pelotas e Caveiras. 
 
Pensando nisso, a Polícia Militar Ambiental intensificará a fiscalização para coibir a pesca predatória neste período, e para isso será utilizado embarcações, drones e ainda contará com o apoio do helicóptero Águia da 5ª Base de Aviação da PM em Lages. A abertura da operação será realizada nesta quinta, a partir das 13h, no Rio Canoas, no interior de Bocaina do Sul, no conhecido “Mini Pantanal”. 
 
A pesca predatória, com fim exclusivamente comercial, é passível de punição que pode ser multa que varia de R$ 700 a R$ 100 mil reais e mais R$ 20 reais por quilo do pescado irregular podendo ainda os envolvidos serem presos de um a três anos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’