Lageano pode assumir presidência da AB InBev, maior cervejaria do mundo

Michel Doukeris é o único entre os avaliados ao cargo que integra o quadro funcional da empresa que é dona do seu braço no Brasil, Ambev, e também de marcas como a americana Budweiser e a belga Stella Artois.

Da AGÊNCIA LD*,
Lages/SC

Michel Doukeris, é um dos avaliados para assumir a presidência da AB InBev.   (Foto: Hong Jianpeng / Imaginechina / AP)

                        

Uma informação destacada por um dos principais jornais dedicados à economia no Brasil, a Valor Econômico, a partir de notícia do jornal britânico Financial Times, coloca um lageano como um dos avaliados para assumir a presidência da maior cervejaria do mundo, a AB InBev, dona da Ambev – e também de marcas consagradas em todo o mundo como a americana Budweiser e a belga Stella Artois, para suceder Carlos Brito, que presidiu a companhia nos últimos 16 anos. 

Dos avaliados, ele é o único que integra o quadro funcional da empresa. 

Perfil

Trata-se do engenheiro químico Michel Doukeris, natural de Lages, e graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com MBA na Fundação Getúlio Vargas (FGV), e que está na companhia desde 1996, e que após liderar atividades comerciais  na América Latina; presidir a InBev na China e na Ásia-Pacífico e que desde 2018 preside a Anheuser-Busch, controlada da AB InBev nos Estados Unidos, além dos negócios do grupo na América do Norte.

No site da Anheuser-Busch, a empresa informa que o lageano Michel Doukeris trabalha priorizando o consumidor, aproveita dados, análises e experiência de linha de frente para inovar. Com isso, a empresa voltou a crescer após seis anos.

*Com informações da colunista NSC, Estela Benetti, e jornais Valor Econômico e Financial Times. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’