Em edição centenária, Expolages terá grandes leilões virtuais

Evento terá uma proposta diferente devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
 
Da AGÊNCIA LD,
Lages/SC

Foto: Paulo Chagas / Divulgação

Do dia 14 a 17 de outubro, o Parque Conta Dinheiro voltará a receber evento mesmo diante do cenário da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Eventos estes que tiveram que se reinventar, o que não será diferente com a Expolages 2020 que completa 100 anos nesta edição e terá uma proposta diferente justamente por conta da pandemia.

+ do Lages Diário nas redes sociais
::: Inscreva-se no nosso canal no YouTube
 
A feira terá como principal atração a realização de grandes leilões virtuais sem a presença do público. Eles serão transmitidos pelo Lance Rural e Camargo Agronegócios, podendo atingir um público muito maior. Os animais estarão expostos nas mangueiras dos Parque para visitas de compradores, mas elas deverão ser agendadas em horários pré-determinados.
 
Inscrições de animais teve grande adesão
 
Com a programação voltada especificamente para o comércio de animais, o número deles inscritos foi grande, fazendo com que a organização dividisse as feiras em Leilão de Gado Geral com a oferta de aproximadamente 300 cabeças, e um leilão somente de novilhas, com mais de 650 animais e ainda cerca de 70 reprodutores puros de alta genética inscritos.
 
A programação também mudou e invés de dois, serão quatro dias de remates, no período noturno e a feira da novilha que acontecerá no sábado (17) à tarde.
 
Confira a programação
 
Quarta-feira (14/10)
  • Leilão de Gado Geral
  • Venda de reprodutores Charoles e Cimental
 
Quinta-feira (15/10)
  • Leilão de reprodutores Hereford, Braford e Devon
Sexta-feira (16/10)
  • Leilão de Hangus, Brangus e cavalos Quarto de Milha
Sábado (17/10)
  • Feira da Novilha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’