Polícia apura agressão de policial afastado contra jovens no bairro Coral


Vídeos e fotos circulam nas redes sociais.
                                                     
Lages/SC

📷 Divulgação 
Vídeos e fotos começaram a circular na noite desta segunda-feira, 3, onde mostra um homem em posse de um cassetete ameaçando e agredindo cinco jovens mulheres em um apartamento no bairro Coral, na zona Norte de Lages, na Serra Catarinense. O agressor é vizinho das jovens e trata-se de um policial militar.

Nas redes sociais, as jovens relataram que estavam no apartamento onde moram e uma amiga estava no apartamento comemorando por a aprovação no TCC, quando o homem, que é vizinho delas, invadiu o apartamento bastante nervoso e as agrediu.

As jovens gravaram o momento em que ele está no local e desfere golpes contra a mesa e ameaça uma das jovens que está gravando o vídeo, e depois pegar o celular de uma delas desfere golpes de cacetete em uma delas.

Em nota, o Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar emitiu nota de esclarecimento sobre o ocorrido.
                                                
“O Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar informa que tomou ciência dos vídeos e imagens disseminados em redes sociais, na noite da última segunda-feira, 03, em Lages. E, que logo após ter conhecimento dos fatos determinou a instauração do procedimento correcional competente para apuração.

O Policial Militar já estava em afastamento regulamentar por se encontrar em grupo de risco perante a Covid-19, e as ações ocorreram fora do âmbito profissional.

A instituição afirma tratar-se de fato isolado que não condiz com a formação e a preparação dos policiais militares catarinenses. Ressalta ainda, que não coaduna com qualquer conduta irregular, bem como violência contra a mulher”.

A Universidade do Estado de Santa Catarin (Udesc) emitiu nota de repúdio pelo ocorrido, já que três das jovens agredidas são estudantes da universidade.

“O Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), repudia veementemente a agressão praticada por um policial militar contra cinco mulheres, dentre elas, três estudantes da instituição, na noite desta segunda-feira, 3, no Bairro Coral, em Lages.

A Udesc Lages condena e considera injustificável qualquer ato de violência. Assim que tomou ciência das imagens e vídeos disseminados na internet, a Direção da instituição entrou em contato com o Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar para relatar os fatos, solicitando providências”



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’