Polícia Militar de SC atende quase 7 mil ocorrências no fim de semana


Foram 6.972 ocorrências, destas 3.404 notificações foram registradas, sendo principalmente por não utilização de máscara e pelo estabelecimento não disponibilizar álcool 70%, além de interdições.
                                             
Por MARCELO PASSAMAI da ASCOM PMSC,
Florianópolis/SC

📷 PMSC / Divulgação

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) intensificou a fiscalização do cumprimento das medidas de prevenção ao novo coronavírus. No último final de semana, foram quase sete mil atendimentos de ocorrências relacionadas ao decreto estadual com medidas restritivas.

Entre sexta-feira, 17, e segunda-feira, 19, foram contabilizados 6.972 acionamentos da PMSC para atendimento de ocorrências ligadas ao combate da Covid-19 – incluindo as denúncias que não se confirmaram. Destas, 3.404 notificações foram registradas, sendo principalmente por não utilização de máscara (583) e pelo estabelecimento não disponibilizar álcool 70% (615), além de 312 interdições.

“Infelizmente a sociedade catarinense não está acreditando na necessidade de manutenção do distanciamento social”, afirmou o comandante-geral, coronel Dionei Tonet.

A PMSC lavrou 1.195 Termos Circunstanciados, sendo que38% destes por crime de desobediência, e 1.089 registros de Infração de Medida Sanitária. Além disso, foram realizadas 51 prisões de adultos e apreensões de adolescentes.

Balanço de ações da pandemia

Nos mais de 120 dias de combate à Covid-19, desde março deste ano, a Polícia Militar de Santa Catarina realizou 137.768 fiscalizações. Joinville, Florianópolis e Criciúma são as cidades com os maiores índices de fiscalização. Os três municípios correspondem a aproximadamente 14% de todas as fiscalizações em Santa Catarina.  “A preocupação é justamente para que o cidadão não se exponha à doença sem necessidade. Se precisar sair, se tiver uma atividade necessária para fazer, que saia com máscara, não saia em grupos, que utilize os esterilizantes de mão”, completou Tonet.

Autoridade de saúde

A PMSC intensificou a fiscalização das medidas protetivas, com o apoio do Conselho Estadual de Saúde, que deu poder às forças de Segurança no Estado para atuar neste sentido. Assim, passaram a agir na condição de autoridade de saúde em todo o território catarinense e fiscalizam os serviços e atividades com regramento especial durante a pandemia. No entanto, nos municípios em que o decreto municipal for mais restritivo que as regras do Governo do Estado, é necessário que essas municipalidades passem para a PMSC a autoridade sanitária municipal.

Como fazer denúncias

O cidadão pode entrar em contato com a PMSC por meio do aplicativo PMSC Cidadão, que pode ser baixado nas lojas de aplicativos IOS e Android, e também pelo telefone 190.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Grave acidente deixa cinco pessoas feridas em Lages

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho