Morre aos 45 anos, vítima da Covid-19, o jornalista Rodrigo Rodrigues, do SporTV


Ele estava internado desde o último sábado (25) com uma trombose no cérebro oriundo de complicações ocasionadas pelo novo coronavírus.
                                                     
Lages/SC

📷 Reprodução / SporTV

O jornalista e apresentador do programa “Troca de Passes”, do SporTV, Rodrigo Rodrigues, de 45 anos, morreu nesta terça-feira (28), no Rio de Janeiro, vítima de trombose venosa cerebral oriunda de complicações provocadas pelo novo coronavírus (Covid-19).

Rodrigo Rodrigues estava internado na UTI do hospital Unimed desde o último sábado (25) com um quadro de trombose no cérebro oriundo de complicações da Covid-19, da qual já havia sido afastado do canal esportivo havia cerca de 15 dias e estava em isolamento.

Na noite de sábado ele chegou ao hospital com quadro de vômitos, dor de cabeça e desorientação, sendo averiguado pela equipe médica que constatou que tratava-se de uma trombose no cérebro. No domingo ele passou por uma cirurgia, e desde então estava sedado na UTI e acabou não resistindo vindo a óbito nesta terça-feira (28).

Trajetória

Rodrigo Rodrigues ou conhecido como RR, iniciou a carreira na Rede Vida em 1995. Em 2001, aceitou um convite da TV Cultura para integrar a equipe do programa “Vitrine”, apresentado por Marcelo Tas, ficando lá até 2003 quando foi para o SBT onde ficou por pouco tempo como repórter.

Em 2005, foi para a TV Bandeirantes, e em seguida, retornou à TV Cultura, desta vez para ancorar o “Cultura Meio-Dia” ao lado de Maria Júlia Coutinho. Ele permaneceu na função até 2010.

Ingresso no jornalismo esportivo

Em 2011, Rodrigo Rodrigues ingressou no jornalismo esportivo, passando pelas principais emissoras do ramo, iniciando na ESPN apresentando o “Bate-Bola Brasil”. Passou pela TV Gazeta, mas retornou à programação esportiva na TV paga com passagens pelo Esporte Interativo e em 2019 foi contratado pelo Grupo Globo, mas suas participações se concentravam especialmente ao canal esportivo SporTV, do qual desde agosto do ano passado era o âncora do “Troca de Passes”, programa que apresentou pela última vez no dia 9 de julho, quando foi afastado para tratar da Covid-19.

Paixão pela música

Outra grande paixão do jornalista era a música, desde 2008 era integrante da banda “The Soundtrackers” especializada em tocar trilhas de grandes sucessos do cinema.

Repercussão

A morte de Rodrigo Rodrigues foi sentida no jornalismo, mas especialmente na área esportiva. Vários amigos, colegas e ex-colegas lamentaram a morte de RR:




️🙏🏼
— Marcelo Adnet (@MarceloAdnet) July 28, 2020










️🖤 @RR_TV
— Gabriel Barbosa (@gabigol) July 28, 2020

️🤘🏻 (@Ticostacruz) July 28, 2020




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’