Corpo de vítima desaparecida desde o ciclone é encontrado e total de mortes chega a 10


O corpo do homem foi encontrado em Brusque, no Rio Itajaí Mirim a cerca de 700 metros de distância da ponte pênsil onde ele caiu.
                                             
Lages/SC        

📷 Corpo de Bombeiros / Divulgação

O número de mortes causadas pelo ciclone bomba que passou na última terça-feira (30) por Santa Catarina subiu para 10, após o Corpo de Bombeiros localizar o corpo de um homem de 28 anos que havia caído de uma ponte pênsil durante a passagem do ciclone por Brusque, no Vale do Itajaí, e estava desaparecido desde então.

O corpo do homem foi encontrado na manhã deste sábado, 4, por volta das 09h45, preso em galhos, a cerca de 700 metros de onde ocorreu o acidente.

Participaram das buscas mergulhadores e dois binômios – dupla entre bombeiro militar e cão de busca, sendo o sargento Jacques Romão e o cão Bravo, de Blumenau, e também o cabo Carlos de Souza e a cadela Zaara, de Brusque.

Buscas em Canelinha

Desde o ciclone, o Corpo de Bombeiros emprega equipes de mergulhadores para realizar buscas no rio Tijucas, em Canelinha, onde uma pessoa segue desaparecida.



CICLONE EM SC



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’