Ciclone-bomba: Defesa Civil de Lages alerta para disseminação de notícia falsa sobre liberação de FGTS


O alerta da Prefeitura de Lages, por meio da Defesa Civil, é para o cuidado com as Fake News que circulam nas redes sociais, disseminando informações falsas sobre a questão da liberação do FGTS.
                                             
Por IRAN ROSA DE MORAES da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

A Defesa Civil de Lages alerta sobre a veiculação de informações falsas, postadas nas redes sociais, relativas a pedidos feitos por algumas pessoas com relação à liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os atingidos pela tempestade do dia 30 de junho, deste ano de 2020. “Em princípio todos os atingidos de alguma forma pelo ciclone-bomba terão direito à liberação de valores do FGTS, porém o pedido para essa liberação é de competência da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina, de acordo com os relatórios enviados pelas coordenadorias de Defesa Civil de todos os municípios atingidos”, esclarece o secretário executivo da Defesa Civil, Luiz Henrique de Souza.

“Em Lages 80% das famílias foram de alguma forma atingidas pelo vendaval e centenas de municípios em nível de Estado também foram assolados pelos fortes ventos provocados pelo ciclone-bomba de 30 de junho. Devido a essa gravidade a Defesa Civil do Estado fará o pedido conjunto à Defesa Civil Federal da liberação do FGTS”, acrescenta Luiz Henrique.

Segundo a gerente da Defesa Civil Municipal, Mayara Rafaeli Lemos, assim como está sendo feito em relação à liberação do FGTS, o pedido de ajuda humanitária à Defesa Civil do Estado foi feito diretamente pela coordenadoria da Defesa Civil Municipal de Lages. “O pedido de ajuda humanitária, no caso da tempestade de 30 de junho, reverteu no envio de telhas, mas em outros casos de desastres naturais também pode ser solicitado o envio de cestas básicas, por exemplo”, explica Mayara.

Portanto, o alerta da Prefeitura de Lages, por meio da Defesa Civil, é para o cuidado com as Fake News que circulam nas redes sociais, disseminando informações falsas sobre a questão da liberação do FGTS. “Nenhuma pessoa pode pedir por liberação de FGTS ou solicitar ajuda humanitária devido a um desastre natural, pois quem tem essa responsabilidade é a Defesa Civil”, conclui Mayara.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’