Caixa libera nesta segunda-feira (27) saque emergencial do FGTS para os nascidos em maio


Em um primeiro momento os valores só poderão ser utilizados através do aplicativo Caixa Tem com a Conta Poupança Digital, saques só serão liberados após o dia 19 de setembro.
                                             
Lages/SC



A Caixa Econômica Federal (CEF) libera a partir nesta segunda-feira (27) o saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores nascidos em maio. Os valores serão depositados em contas poupanças digitais criadas pelo próprio banco e em um primeiro momento só poderão ser feitos transações como pagamentos e compras por meio do aplicativo Caixa Tem. O saque em espécie ou transferência para outros bancos serão liberados somente a partir do dia 19 de setembro.


A estimativa da Caixa é que cerca de R$ 3,3 bilhões sejam liberados nesta etapa.

O Saque Emergencial do FGTS começou a ser liberado no dia 29 de junho para os nascidos em janeiro e essa modalidade foi liberada devido à pandemia do novo coronavírus. O calendário de depósitos em conta poupança digital segue até o dia 21 de setembro. (Veja abaixo o calendário):

Calendário Saque Emergencial FGTS
Mês de nascimento
Crédito em conta
Saque ou transferência
Janeiro
29 de junho
25 de julho
Fevereiro
06 de julho
08 de agosto
Março
13 de julho
22 de agosto
Abril
20 de julho
05 de setembro
Maio
27 de julho
19 de setembro
Junho
03 de agosto
03 de outubro
Julho
10 de agosto
17 de outubro
Agosto
24 de agosto
17 de outubro
Setembro
31 de agosto
31 de outubro
Outubro
08 de setembro
31 de outubro
Novembro
14 de setembro
14 de novembro
Dezembro
21 de setembro
14 de novembro

Terão direito aos saques os trabalhadores que tenham contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) do FGTS. Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045. Se o trabalhador tiver mais de uma conta de FGTS, o saque será feito primeiro das contas de contratos de trabalho extintos (inativos), iniciando pela conta que tiver o menor saldo.

Independentemente do número de contas do trabalhador, o valor não poderá ultrapassar R$ 1.045.

A previsão é que a operação movimentará durante todo o calendário mais de R$ 37,8 bilhões para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’