Quase duas mil pessoas já passaram pelo Centro de Triagem da Covid-19 em Lages


O atendimento é realizado no antigo prédio do Pronto Atendimento Tito Bianchini, 24 horas por dia, em sistema de turnos pelos profissionais da Saúde que ali atuam..

Do LD,
Lages/SC

📷 Pacientes passam por uma entrevista para relatarem sintomas, antes de serem
encaminhados para os médicos do Centro de Triagem. (Foto: Maurício Santos / Arquivo/
Agência LD)

Desde a sua abertura, em 30 de março, o Centro de Triagem para a Covid-19 (novo coronavírus) Tito Bianchini, no Centro de Lages, na Serra Catarinense, atendeu quase duas mil pessoas, mais precisamente 1.901 pessoas passaram por atendimento no Centro que foi montado pela Prefeitura de Lages através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), além de entidades, instituições e iniciativa privada.


O Centro de Triagem funciona no antigo prédio do Pronto Atendimento Tito Bianchini que estava ocioso desde o seu fechamento no ano passado após a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, no bairro Universitário.

O atendimento no local é realizado 24 horas por dia, em sistema de turnos pelos profissionais da Saúde que ali atuam. No local estão disponíveis leitos para cuidados intermediários e leitos equipados com respiradores para os casos considerados mais graves.


Desde março, o mês que mais exigiu dos profissionais para atendimento de pacientes foi abril quando 708 pessoas procuraram o Centro de Triagem, mas os números de junho poderão ser superiores, já que nos primeiros oito dias, cerca de 500 pessoas já procuraram o local.

O local atende pacientes de Lages e de toda a região da Serra Catarinense que apresentam sintomas da Covid-19 ou de outras doenças que se assemelham e que acabam sendo descartados para Covid-19.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’