Paisagismo deixará o novo calçadão Túlio Fiúza de Carvalho ainda mais bonito


Além das flores, estão sendo plantadas oito árvores com três metros de altura cada. São dois ipês roxos e seis ipês amarelos que irão ornamentar a praça e dar sombra.

Por ALINE TIVES da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

Mais um presente para os lageanos, as obras de revitalização do calçadão da praça Túlio Fiúza de Carvalho, no Centro, estão chegando na sua etapa final. O trabalho de acabamento inclui o embelezamento do local, e nada melhor do que flores para colorir e deixar o ambiente ainda mais agradável.

A Prefeitura de Lages, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, está realizando o paisagismo nos canteiros que estão distribuídos pela nova praça. “Estamos preparando mais uma praça linda, digna de todos os lageanos. A revitalização do calçadão Túlio Fiúza de Carvalho está ficando tão bonita quanto ao calçadão da João Costa e da praça João Ribeiro”, acrescenta o prefeito Antonio Ceron.

Sob a coordenação do engenheiro agrônomo da secretaria, Giovanni Tomazelli Guesser, estão sendo plantadas mudas de flores perenes que terão longa duração. As plantas perenes são as ideais para serem cultivadas num jardim e isso se deve à longevidade e à beleza das suas folhas e flores principais. As plantas e flores perenes podem viver mais de dois anos, isto é, mais de dois ciclos sazonais sem que as suas folhas caiam. 

Nos canteiros estão sendo plantadas flores das espécies estrelícia (flor laranja com miolo azulado), contornos com os liriópes e azaléias rubras (um tipo de azaléia diferenciada, com flores vermelhas). A forração será com cascas de pinus. Além das flores, estão sendo plantadas oito árvores com três metros de altura cada. São dois ipês roxos e seis ipês amarelos que irão ornamentar a praça e dar sombra.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’