Montagem de caldeira e subestação de energia e construção da fábrica são as fases atuais no canteiro de obras da Berneck


Os estágios das obras da unidade fabril lageana da Berneck estão na execução de terraplanagem, montagem da caldeira e da subestação de 138 kV (quilovolts) e construção civil do empreendimento de fábrica propriamente dito, tarefas sobre as quais atuam aproximadamente 200 colaboradores de terceirizadas.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Iran Rosa de Moraes / ASCOM PML

Empresa brasileira com mais de 65 anos de história, a Berneck é especializada em painéis MDP, MDF e HDF, além de pinus e teca serrados. Possui plantas industriais com alta capacidade de produção e tecnologia de ponta. Seus produtos são provenientes de florestas plantadas e destinados à indústria de móveis, construção civil, automotiva, eletrônica e embalagens, no Brasil e no exterior. A Berneck mantém fábricas em Curitibanos e em Araucária, no Paraná.

Em edificação à margem da rodovia BR-116, próximo ao limite geográfico entre Lages e Capão Alto, as obras da unidade fabril lageana da Berneck estão nas etapas de execução de terraplanagem, montagem da caldeira e da subestação de 138 kV (quilovolts) e construção civil do empreendimento de fábrica propriamente dito, tarefas sobre as quais atuam aproximadamente 200 colaboradores das terceirizadas, dentre as quais a Dalba Engenharia (de Guarapuava, no Paraná) e a Construtora Viero, de Erechim (RS), são as principais. Quanto aos percentuais de evolução das obras, já estão concluídos 65% da terraplanagem, 60% da montagem da subestação, 15% da construção civil e 10% da montagem da caldeira.

O gerente de implantação da Berneck, Silvio Novelli, explica que a sequência básica consiste em terraplanagem, construção civil, montagem, testes e posta em marcha. A posta em marcha ou start-up significa o processo de montar a máquina no cliente, fazer todos os testes e ajustes necessários, treinar a equipe de operação, assistir alguns dias da operação e entregar a máquina. A empresa está recebendo as propostas para montagem eletromecânica, conforme solicitações de orçamentos enviadas aos proponentes no final de janeiro.

O prefeito Antonio Ceron ressalta que o investimento privado neste empreendimento é de aproximadamente R$ 850 milhões. “Serão cerca de 500 empregos, diretos e indiretos, com a instalação da Berneck em Lages. Isto representará mais emprego e renda para a população lageana, além dos retornos fiscais para o município com o incremento do movimento econômico e arrecadação”.   

A princípio a previsão de início da operação comercial seria para maio de 2021, contudo, devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os impactos foram sentidos em todas as atividades da economia. A empresa Berneck está reavaliando consequências deste vírus em suas prospecções. “Estamos muito atuantes na prevenção da pandemia, com todos os cuidados recomendados e mantendo palestras instrutivas e preventivas com os diversos empreiteiros. Semanalmente, nossa área de segurança do trabalho visita e fiscaliza todos os canteiros de obra, alertando e exigindo realinhamento constante”, alerta Silvio Novelli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’