Paciente de 65 anos é cardiopata e chegou ao hospital Sagrado Coração de Jesus no último dia 12 de maio, e posteriormente, foi transferido para Lages.

Do LD,
Lages/SC

📷 Divulgação
A Serra Catarinense conta com mais um caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19). Depois de Lages, Rio Rufino e Anita Garibaldi, São Joaquim também entrou para a lista na manhã desta quarta-feira, 20, quando foi confirmado a infecção pela doença respiratória em um paciente de 65 anos.


Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de São Joaquim, o paciente de 65 anos, é cardiopata e chegou ao Hospital Sagrado Coração de Jesus, em São Joaquim, no último dia 12 de maio apresentando hipertensão, diabetes e sintomas respiratórios. Ele foi internado sendo tratado como suspeito e posteriormente foi transferido para Lages onde a confirmação da doença veio durante a manhã desta quarta-feira, 20.

A Prefeitura de São Joaquim, a Secretaria Municipal de Saúde e o hospital, irão monitorar os familiares, vizinhos e as pessoas que tiveram contato com o paciente nos últimos dias.

O prefeito de São Joaquim reforçou o pedido para que as pessoas tomem cuidado. “Precisamos nos cuidar e cuidar dos outros. O vírus existe e estamos expostos. Vamos seguir todas as medidas de prevenção”, completou o prefeito.

Uso de máscaras passa a ser obrigatório em São Joaquim

📷 Prefeito Giovani Nunes assina Decreto que torna obrigatório a utilização de máscara
em São Joaquim. (Foto: ASCOM PMSJ / Divulgação)

Após a confirmação do primeiro caso de coronavírus na cidade, a Prefeitura de São Joaquim realizou uma reunião com membros da saúde, hospital, Polícia Militar e Defesa Civil, para decidirem sobre medidas para o enfrentamento da doença no município.

Entre as medidas estão a ampliação da fiscalização, barreiras sanitárias nos portais de chegada da cidade, fiscalizações mais rígidas nos cuidados e uso de máscaras, este último item, se tornou obrigatório a sua utilização com previsão de multa de R$ 100 reais para quem descumpri-la, além de perda do alvará vigente e também crime previsto no Código Penal de desobediência. A medida foi publicada em Decreto.

Situação na Serra Catarinense

Atualmente, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, a região menos afetada está sendo a Serra Catarinense com a confirmação do caso de São Joaquim passou a totalizar 62 casos confirmados em toda a região, sendo a maioria 59 em Lages onde todos estão recuperados ou em recuperação domiciliar. Além de Rio Rufino e Anita Garibaldi, ambos com um caso confirmado e já recuperados.