Prefeitura executa pavimentação asfáltica no interior do Terminal Urbano, no Centro de Lages


“São mais de cinco ruas com modificações totais e significativas ao cotidiano dos lageanos, que vão ganhar mais celeridade no seu tempo ao circular em vias asfaltadas e estarem em seus compromissos sem transtornos”, prefeito Antonio Ceron.

Por DANIELE MENDES DE MELO* da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Amarildo Volpato / Divulgação

O serviço de transporte coletivo urbano no município de Lages é concedido, em forma de licitação, à empresa Transul, pela prefeitura. Porém, a prática de melhorias permanentes dentro da estrutura física do Terminal Urbano é realizada por secretarias públicas municipais, como a de Serviços Públicos e Meio Ambiente e de Planejamento e Obras. Depois de mais de 40 anos, as vias internas da estrutura física do Terminal Urbano estão recebendo pavimentação asfáltica.

Os trabalhos começaram no início da tarde desta sexta-feira (15 de maio) e devem ser prolongados noite adentro, até que estejam concluídos, estima-se até por volta das 21h, sem anormalidades ao trânsito normal dos veículos, pois as atividades são exclusivamente internas, por onde se movimentam apenas os ônibus, o que permanece suspenso diante das medidas de prevenção à expansão da pandemia do novo coronavírus, o gerador da doença Covid-19. Definições e prorrogações estas estabelecidas pelo Governo do Estado de Santa Catarina e avalizadas de imediato pelo prefeito Antonio Ceron.

O prefeito vistoriou as obras nesta tarde de sexta. “São mais de cinco ruas com modificações totais e significativas ao cotidiano dos lageanos, que vão ganhar mais celeridade no seu tempo ao circular em vias asfaltadas e estarem em seus compromissos sem transtornos. Nossos servidores estão imbuídos em dias úteis e inclusive aos finais de semana para deixar a mobilidade urbana mais dinâmica”, reitera o prefeito Antonio Ceron.
Equipe de servidores própria da prefeitura trabalha no asfaltamento do Terminal Urbano central. São 28 operários municipais e mais seis homens, estes vinculados a caminhões locados. Ao maquinário da prefeitura destinado a esta obras estão integrados máquina motoniveladora (patrola), retroescavadeira, três rolos compactadores (sendo um de pneu e dois de chapa metálica), mini carregadeira, carregadeira e dez caminhões basculantes (caçambas), sendo três da prefeitura e sete particulares. 

Primeiramente o local passou por uma limpeza e reperfilagem para emparelhamento da pista, já que o peso dos ônibus e sua movimentação todos os dias, com poucas horas de interrupção, refletiram em desníveis visíveis. Serão despejadas 270 toneladas de asfalto totais, sobre a base de paralelepípedo em cada uma das três vias paralelas para onde os ônibus diariamente chegam, permanecem estacionados para limpeza, cumprem espera de horário itinerário, aguardam embarque de passageiros e de onde partem estes veículos. Os pontos de parada dentro do Terminal são divididos por placas de localização dos bairros de todas as regiões da cidade.

No Terminal existem os guichês para cadastros e compras dos diferentes tipos de cartão para uso do transporte, catracas de entrada e de saída, o Ponto de Leitura Rita de Cássia Proença, bancas de comercialização de guloseimas e, do lado de fora, ao lado da Praça Vidal Ramos Sênior, estão os vendedores organizados em stands fixos, com uma variedade de produtos à disposição dos clientes.

Esta obra do Terminal Urbano faz parte do conjunto de inovações nas ruas do entorno ao Terminal, através do Programa Minha Rua Melhor, portanto, atualmente a pavimentação asfáltica das ruas Quintino Bocaiúva, Coronel Serafim de Moura e Martinho Nerbass. A rua Coronel Córdova foi asfaltada anteriormente.

No Terminal, assim como nestas vias adjacentes, havia o trânsito de veículos sobre paralelepípedos, material que serve como base para receber o depósito de massa asfáltica, corrigindo desníveis por conta da movimentação diária de carros e eventuais sobrepesos e pelo próprio passar do tempo, bem como a presença de buracos e eliminando o desemparelhamento das peças existentes. Estas pavimentações acontecem com equipes da Secretaria do Planejamento e Obras e apoio na organização do tráfego de carros pela Diretoria de Trânsito (Diretran), com fornecimento de sinalização (cones e cavaletes), controle de interdições parciais e totais e orientação aos motoristas.

Pavimentações de sábado e domingo

A Secretaria do Planejamento e Obras atua nesta região do Centro e neste sábado (16 de maio), após o horário de almoço, será iniciada a pavimentação asfáltica da rua Coronel Serafim de Moura, via que já passou pela reperfilagem, onde está localizada a parte de trás do Terminal e o Instituto de Previdência do Município de Lages (LagesPrevi). A capa definitiva a ser aplicada terá seis centímetros de espessura.

A rua Coronel Córdova, que desemboca na Serafim de Moura, receberá um acerto de pista e o tráfego sofrerá alterações, e logo após a Serafim de Moura será interditada pelo tempo inteiro que durar a obra. Os serviços se estenderão até domingo (17 de maio), começando bem cedo, por volta das 8h.

No domingo a frente de trabalho entrará também na rua Martinho Nerbass, a rua do Programa de Defesa do Consumidor (Procon). Esta também já recebeu o acerto com reperfilagem. “Ainda no domingo operários retornarão à rua Quintino Bocaiúva, com asfaltamento já em andamento”, explica o diretor de Infraestrutura de Vias Públicas da Secretaria do Planejamento e Obras, Natanael Rodrigues Preto.

Um Centro mais funcional e moderno

As ruas desta área do centro de Lages terão, somadas, 1.040 metros de comprimento asfaltados com utilização de 1.500 toneladas de asfalto. Na Quintino Bocaiúva, no trecho que se estende desde o cruzamento com a rua Nereu Ramos, até a confluência com a Fausto de Souza, serão 210 metros de extensão por 12 de largura totais.

Haverá asfalto também em uma extensão de 100 metros por sete metros de largura, na rua Caetano Vieira da Costa (entre os cruzamentos com as ruas Correia Pinto e Quintino Bocaiúva) e mais 140 metros de extensão por dez metros de largura, na rua Martinho Nerbass, a qual se estende entre as confluências da Quintino com a Coronel Serafim de Moura.

A rua Serafim de Moura já possui asfalto em seu trecho, de 300 metros de extensão por 14 metros de largura, que se estende entre as confluências das ruas Coronel Córdova e Fausto de Souza.

Estão previstos para iniciar no dia 22 de maio os serviços de asfaltamento definitivo de 130 metros de extensão da rua Carlos Jofre do Amaral, via que cruza a Cacimba da Santa Cruz e já está com a primeira camada asfáltica. Em seguida será a vez do asfaltamento do entorno da Praça Siqueira Campos e da Igreja Santa Cruz. Serão mais 160 metros de ruas asfaltadas.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Grave acidente deixa cinco pessoas feridas em Lages

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho