Lages: dos 50 casos confirmados, 32 estão recuperados, 17 estão em isolamento domiciliar e um está internado


Dados foram divulgados em boletim epidemiológico na tarde deste sábado (16).

Do LD,
Lages/SC

📷 Reprodução / Prefeitura de Lages

A Prefeitura de Lages divulgou no fim da tarde deste sábado, 16, mais um boletim epidemiológico semanal sobre os números do novo coronavírus (Covid-19) na cidade e os números apontam que na cidade há 50 casos confirmados, mas destes, 32 estão recuperados, 17 estão sendo acompanhados em isolamento domiciliar e apenas um está internado e não há registro de óbitos na cidade por conta da doença.


Os dados também mostram que 327 pessoas foram testadas, destes os 50 deram positivo para a Covid-19. Outras 268 pessoas deram negativo e nove aguardam os resultados, sendo que quatro estão isoladas em casa, outras quatro estão internadas e um óbito de um paciente morador de Otacílio Costa, município vizinho a Lages, também aguarda o resultado.

O boletim também apresenta o número de pessoas que não foram testadas, mas estão sendo monitoradas ou que já foram. No total, foram 675 pessoas não testadas, destas 159 estão sendo atualmente monitoradas e outras 516 que foram monitoradas desde o início da pandemia, mas não foram submetidas a testes e não tiveram complicações clínicas.

A maioria dos casos positivos foram confirmados através de exames feitos no setor privado, são 32. Outros 13 vieram de exames emitidos pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen/SC) e cinco vieram de clínicas epidemiológicas.

Dos 50 casos, 41 foram transmitidos de forma comunitária e nove foram importados de outros municípios, estados ou países.

Faixa etária

Não houve alteração na faixa etária que foi a mais afetada pela doença em Lages. A maioria dos pacientes confirmados, 23, estão na faixa etária entre 40 a 60 anos. Pacientes acima de 60 anos totalizam 13. Já entre 20 e 39 anos, são 11 e ainda três crianças entre 0 a 9 anos.

Outro dado aponta sobre as doenças preexistentes, 43 não apresentam qualquer quadro clínico com doença que possa agravar a situação.

UBSs de referência que atende aos bairros dos pacientes confirmados

A UBS do Centro continua sendo a área de referência com maior número de casos confirmados, são 20 pacientes positivados que residem na área de cobertura da referida UBS. Seguida da UBS do Sagrado/São Cristóvão com outros 10. As UBSs Conta Dinheiro (2), Copacabana (3), Coral (4), Frei Rogério (1), Popular (1), Santa Catarina (3), Santa Helena (1), Várzea (1) completam a lista que ainda conta com 4 pacientes que não tem uma UBS de referência.

Profissionais de saúde afetados

Dos 50 casos, são 13 que acabaram se infectando com o novo coronavírus. Destes, seis trabalhavam no setor privado. Quatro atuam em hospitais, um na UBS e outro na UPA. Há um caso, que o boletim não específica a área de atuação.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’