Parceria entre a SIE e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) estão fiscalizando o excesso de peso através de balanças móveis nas rodovias estaduais.

Por VANESSA PIRES e PATRÍCIA ZOMER da
ASCOM SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE,
Florianópolis/SC   

📷 PMRv / Divulgação
    
A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) tem entre as prioridades realizar a conservação viária nas rodovias estaduais para garantir segurança para quem trafega pelas estradas. O tráfego de veículos com excesso de peso é o principal causador do desgaste do asfalto e uma parceria entre a SIE e a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRv) permite a ação preventiva de fiscalização do excesso de carga nas vias.

Após 10  anos desativadas, as operações com balanças móveis nas rodovias estaduais flagraram 536 toneladas de excesso de peso, em abril. Fazer o controle de peso de carga ajuda a desacelerar o processo de degradação da malha rodoviária conservando-a por mais tempo.

"Ao fazer a fiscalização de peso dos caminhões conseguimos submeter a malha rodoviária a menos desgaste. Quanto maior a carga que está sendo deslocada, maior o impacto no pavimento e com este controle estamos garantindo, de maneira preventiva, os serviços de conserva rodoviária", explica o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

De acordo com os dados da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRv), em abril, 437 caminhões foram pesados e 160 autuados, o valor arrecadado com as multas foi de R$ 165.693,31. O recurso será destinado à sinalização e segurança viária.

"Somente com rigor na fiscalização é que podemos reduzir o número de acidentes com mortes envolvendo caminhões com excesso de peso, além de prevenir o desgaste da pavimentação asfáltica nas rodovias estaduais”, afirma o coronel José Evaldo Hoffmann Júnior, comandante da Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina.

As quatro balanças de pesagem automáticas e móveis foram adquiridas pela SIE e entraram em operação em março de 2020, em parceria com a PMRv. Uma balança está instalada na Serra do Rio do Rastro, uma na Serra Dona Francisca e as outras duas atendem as regiões Oeste e Litoral em pontos diversos, conforme programação operacional do Comando de Policiamento Rodoviário.