Crise do novo coronavírus foi determinante para o encerramento do jornal, assim como também do portal CLMais. 

Do LD,
Lages/SC

📷 Capa da última edição impressa do Correio Lageano. (Foto: Reprodução
/ Instagram)
Um dos principais veículos de comunicação de Santa Catarina, o jornal Correio Lageano anunciou nesta sexta-feira (15) que irá encerrar suas atividades após 81 anos de história. Além da versão impressa, o portal CLMais também será descontinuado.

Segundo comunicado publicado na última edição do jornal, a direção lamenta que o que já estava difícil diante das mudanças drásticas, especialmente ao longo da última década, onde jornais centenários tomaram medidas como acabarem com as edições impressas ou até mesmo fecharem suas portas, o Correio Lageano se manteve firme até o seu limite, mas com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o cenário que já era difícil acabou sendo determinante para o anúncio do encerramento de suas atividades.

O comunicado também agradece em nome da família Baggio, que estava à frente da administração do jornal, “a todos que escreveram nestas páginas, a todos os anunciantes e, muito especialmente, a todos os leitores que nos receberam em suas casas e em suas vidas”.

O Correio Lageano encerra com uma palavra que simboliza o que o trouxe até aqui, oito décadas desde a sua fundação, e que a direção deseja que seja permanente na vida de todos: esperança.

O Lages Diário lamenta o encerramento de um dos principais veículos de comunicação do Estado, e maior veículo de toda a nossa região, com toda a sua história e qualidade de conteúdo e profissionais que ali trabalhavam e se solidariza com todos neste momento difícil. 

Infelizmente, a comunidade de Lages e de toda a Serra Catarinense perde um de seus maiores porta-vozes para levar o que é de relevância da nossa região. Cabe aos veículos remanescentes continuar e fortalecer o compromisso com a informação de qualidade e de credibilidade e isenção da qual o Correio Lageano sempre prezou.