Campanha mobiliza alunos da rede estadual para o convívio social responsável


A ideia é valorizar o papel da educação e ampliar as informações sobre os cuidados com o coronavírus, estimulando os estudantes a criar ações de prevenção e conscientização.

Por GABRIEL DUWE DE LIMA da ASCOM SECRETARIA
DE ESTADO DA EDUCAÇÃO,
Florianópolis/SC  

📷 Ricardo Wolfenbüttel / SECOM
     
O Núcleo de Educação e Prevenção às Violências na Escola (Nepre) lança nesta semana uma campanha para mobilizar os alunos da rede estadual para o convívio social responsável durante a pandemia de Covid-19. A ideia é valorizar o papel da educação e ampliar as informações sobre os cuidados com o coronavírus, estimulando os estudantes a criar ações de prevenção e conscientização.

A campanha incentiva os alunos a desenvolver histórias, ilustrações, desenhos e quadrinhos para conscientizar a comunidade escolar sobre a prática dessas medidas preventivas no retorno ao convívio social. Outra atividade sugere que os alunos gravem vídeos curtos com um passo a passo de bons hábitos contra a Covid-19, incluindo tutoriais de etiqueta respiratória, uso de máscaras e higienização das mãos, por exemplo.

Os alunos poderão publicar as atividades nas mídias sociais usando a hashtag #novoshabitossc para conscientizar outras pessoas sobre os cuidados necessários neste momento. O compartilhamento pode ser feito tanto nas contas pessoais dos estudantes quanto nas páginas das escolas, no caso das unidades que usam as mídias sociais.

Atividades podem ser adaptadas com materiais impressos

Uma sugestão com uso de material impresso é que os alunos analisem textos sobre o coronavírus para identificar comportamentos de risco, como apertar a mão de um colega ou passar a mão na boca após espirrar, e proponham formas de corrigir essas ações. A orientação é que os estudantes reescrevam o texto adaptando-o com a realidade do período de pandemia, adequando e inserindo medidas preventivas.

Outra atividade proposta pelo Nepre é relacionar o atual momento de pandemia com situações de adversidade enfrentadas na história recente, como a Gripe Espanhola e as Guerras Mundiais, usando jornais, revistas e textos on-line. O objetivo é identificar a mudança de costumes que acompanhou a superação destas dificuldades e ressaltar como tais momentos contribuem para a criação de novas formas de enfrentar os problemas.

Professores podem adaptar as atividades

As ações apresentadas pelo Nepre podem ser ampliadas e adequadas pelos professores para a realidade de cada unidade de ensino e etapa da educação dos alunos. A orientação é que os alunos possam refletir sobre duas perguntas: o que fazer para ajudar os estudantes a agirem de forma colaborativa e saudável no retorno ao convívio social? Será que estão conscientes da necessidade de proteger a si, a família e aos outros?

Para aplicar as atividades, os professores devem ter como base o Guia de Convívio Responsável do Governo do Estado, documento que pode ser acessado neste link. As sugestões de atividades propostas foram adaptadas da página da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura (Unesco) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Grave acidente deixa cinco pessoas feridas em Lages

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho