Semana Santa: subida ao Morro da Cruz será proibida no feriado da Paixão de Cristo


Medida adotada pela Prefeitura de Lages visa evitar a aglomeração de pessoas em meio à pandemia da Covid-19.

Por LD,
Lages/SC

📷 Divulgação / Prefeitura de Lages
Após duas décadas de celebrações com a escadaria Frei Silvério no Morro da Cruz, na zona Sul de Lages, na Serra Catarinense, pela primeira vez não haverá celebrações da Paixão de Cristo no alto do Morro da Cruz nesta Sexta-feira Santa e o motivo é a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Lages que é um dos principais destinos do turismo religioso devido as encenações no Morro da Cruz não teve e nem terá programação da Semana Santa como é habitualmente todos os anos. A subida no Morro da Cruz nesta sexta-feira será proibida para todos afim de evitar a aglomeração de pessoas seja nas escadarias quanto no topo do morro. Todos os anos, mais de 80 mil pessoas passam pelo local no feriado de Paixão de Cristo, o que não deverá acontecer neste feriadão e esta imagem abaixo só deverá se repetir em 2021. 

📷 Multidão no alto do Morro da Cruz, em Lages, em 2019. Cena deverá se repetir
apenas em 2021. (Foto: Maurício Santos / Arquivo / LD Comunicação)

Segundo a Prefeitura de Lages, a Polícia Militar estará no local para orientar e fazer valer os decretos e portarias do Governo do Estado de restrição para evitar aglomerações que contribuam para a proliferação do novo coronavírus que já conta com mais de 500 casos confirmados no Estado e 17 mortes. Em Lages, são oito casos confirmados da doença, sendo dois com transmissão comunitária.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’