Prefeitura de Lages orienta comunidade a economizar água devido à estiagem


A orientação para a população é que não desperdice água.

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação
A Prefeitura de Lages, por meio da Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa) e Defesa Civil Municipal, orienta a comunidade a economizar água devido ao período de estiagem que atinge a cidade e toda região serrana. O nível do rio Caveiras, no ponto da captação da água que é tratada para o consumo da população subiu aproximadamente quinze centímetros nos últimos dias, mas ainda é considerado baixo com relação ao nível normal para esta época do ano.

A orientação para a comunidade é que não desperdice água, não lave carro, não lave calçadas e controle a abertura das torneiras quando as pessoas forem lavar as mãos ou a louça, por exemplo. Por esta razão o pedido é para que as pessoas encarem esta situação com muita responsabilidade com o uso racional da água no município. Os reservatórios da Semasa ainda trabalham com sua capacidade normal de abastecimento na área urbana.

De acordo com as previsões climáticas, dos institutos responsáveis, poderá haver um período de chuvas mais distribuídas nos Estado somente no final do mês de abril e início do mês de maio. Porém, estas previsões ainda estão sendo monitoradas pelos meteorologistas podendo haver mudanças nos próximos dias.

“Neste final de semana em algumas localidades do interior de toda região da Serra tivemos instantes de desabastecimento de água. Isso já é resultado da estiagem. Por isso, a Semasa e a Defesa Civil Municipal estão monitorando toda essa situação, em especial o nível de água dos rios. O assunto é emergencial e esperamos que todos se conscientizem para o problema. Economizar água neste momento de quarentena é fundamental e necessário”, alerta o prefeito Antonio Ceron.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’