Lages registra o primeiro caso de transmissão comunitária do coronavírus


A transmissão comunitária é quando a pessoa infectada não viajou para um local onde já havia transmissão do vírus, e na própria cidade, acabou infectando outra pessoa que também não viajou.

Por LD,
Lages/SC

📷 Prefeitura de Lages / Divulgação

Subiu para sete o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) em Lages, na Serra Catarinense. Destes, foi confirmado nesta quarta-feira (8), o primeiro caso de transmissão comunitária no município, ou seja, o primeiro caso de transmissão entre uma pessoa e outra dentro do próprio município e onde nenhuma das pessoas este fora da cidade nos últimos dias.

A partir desta quarta-feira, 8, a Prefeitura de Lages adotou a mesma medida que os governos Estadual e Federal já vinham adotando na divulgação dos casos, passando a divulgar apenas os casos confirmados e porventura os óbitos que venham a ocorrer na cidade, e não serão mais divulgados os casos suspeitos e os descartados, e isso se deve principalmente pela grande demanda de exames que aguardam os resultados, e também pela confirmação do primeiro caso de transmissão comunitária, o que acaba que os números podem não condizer com a realidade.

Santa Catarina

No Estado até o boletim divulgado ontem, terça-feira, eram 457 casos confirmados do coronavírus e 15 mortes confirmadas. Florianópolis lidera o ranking das cidades com maior número de casos, 114 ao todo. Seguida de Blumenau que tinha 52 casos e Criciúma com 27 casos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’