Banco de Alimentos, da Prefeitura de Lages, repassa quatro toneladas de hortifrútis para famílias em vulnerabilidade social


Os alimentos são distribuídos pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Pessoas em situação de rua também recebem marmitas.

Por ALINE TIVES da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

Uma ação desenvolvida pela Prefeitura de Lages, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, está beneficiando milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social em Lages. Através do Banco de Alimentos, cerca de quatro toneladas de produtos hortifrutigranjeiros estão sendo distribuídos nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) da cidade.

A distribuição está sendo coordenada pela Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional que administra os equipamentos da Secretaria, como o Banco de Alimentos, Cozinha Comunitária e a Padaria Municipal. Há duas semanas o Banco de Alimentos tem ido buscar em uma cooperativa de Caçador (SC) de três a quatro toneladas de hortifrutigranjeiros.

A doação é realizada através de um projeto da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que compra das cooperativas e faz uma doação simultânea aos Bancos de Alimentos. São produtos provenientes de pequenos agricultores, inseridos no programa Agricultura Familiar. Estes alimentos são fracionados e colocados em sacolas para serem distribuídos nos oito CRAS da cidade, beneficiando milhares de famílias que são atendidas por eles.

Pessoas em situação de rua também são atendidas  
             
Além da entrega dos produtos, todos os dias a Cozinha Comunitária de Lages Rolde Romeu Rosar, localizada no loteamento Vila Esperança, bairro Guarujá, oferece alimentos para o Centro Pop, que atende as pessoas em situação de rua.

Antes do início da quarentena devido à pandemia do novo Coronavírus, as refeições oferecidas aos usuários da Cozinha, que são famílias em situação de vulnerabilidade social, eram servidas nos refeitórios tendo como referência o CRAS IV, que fica no bairro Tributo. Atualmente, devido ao combate e prevenção à doença estão sendo oferecidas as marmitas, evitando assim, aglomeração de pessoas.

São fornecidas em torno de 70 marmitas para os usuários da Cozinha Comunitária e outras 70 para as pessoas atendidas pelo Centro Pop. “Nosso intuito é continuar a dar assistência a essas pessoas durante a pandemia e a necessidade do isolamento social. Todos os alimentos, assim como a distribuição, são realizados com todos os cuidados. Queremos agradecer a dedicação das equipes da cozinha comunitária e do banco de alimentos, que fazem toda a diferença neste trabalho social”, comenta a Diretora de Segurança Alimentar, Claudia Bassin.

O Banco de Alimentos atende também com doações de hortifrútis o Hospital Infantil Seara do Bem, o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres e todas as casas asilares de Lages, além do Instituto Dorvalino Comandolli, que faz sopa três vezes por semana para as pessoas em situação de rua.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’