A partir da próxima segunda-feira, 20, será obrigatório o uso de máscaras em locais públicos e privados de Lages


A determinação foi publicada no Decreto nº 17.970 de 13 de abril e começa a valer a partir desta segunda-feira (14) com sanções previstas contra proprietários de estabelecimentos e veículos que descumprirem.

Por LD,
Lages/SC

📷 Prefeitura de Lages / Divulgação

O crescimento de casos mundo afora do novo coronavírus (Covid-19) tem feito as autoridades, especialmente as municipais, se movimentarem para que o mínimo possível de pessoas em seu território sejam, afetadas pela doença. Medidas como o isolamento social tem surtido efeito para que o crescimento seja mais linear e não tão abrupto, mas outra medida que governantes têm feito é a adoção da obrigatoriedade de utilização de máscaras e Lages, a partir da próxima segunda-feira (20) também terá essa obrigatoriedade para quem for em locais públicos ou privados com ambientes fechados.


A medida será adotada a partir do Decreto Municipal nº 17.970 publicado em 13 de abril e assinado pelo prefeito de Lages, Antonio Ceron (PSD) que também estabeleceu algumas regras para o funcionamento dos serviços públicos municipais, considerando a Situação de Emergência de Saúde Pública em Lages.

Neste Decreto, entre seus artigos 7º e 12º, detalha sobre como os empresários, trabalhadores e a população em geral devem se comportar a respeito das máscaras. A obrigatoriedade passa a valer a partir desta segunda-feira, 20, para quem irá ingressar, permanecer ou exercer qualquer atividade em órgãos públicos ou privados; para ingresso e/ou permanência nos estabelecimentos em geral, e para uso de táxi, transporte por aplicativo e/ou transporte compartilhado de pessoas. O descumprimento poderá sujeitar, ao proprietário do estabelecimento ou do veículo, a aplicação de infrações sanitárias e penalidades previstas na legislação sanitária vigente.

Além disso, o documento também recomenda à população para a higienização das mãos sempre que possível com água e sabão ou álcool com concentração de 70% e a utilização de máscaras domésticas de proteção, em especial quando houver necessidade de contato com outras pessoas, de deslocamento em vias públicas, ou de outra medida que interrompa, provisoriamente, o isolamento social.

A máscara assim como a higienização das mãos e o distanciamento social, aumentam, significativamente, a proteção da população em geral contra a Covid-19, servindo como barreira parcial para a transmissão do vírus, e impede a disseminação pelo conta com gotículas infectantes.

A Prefeitura de Lages adotou essas e outras medidas para preservar e assegurar a manutenção da saúde e da segurança à população que precisa deixar, mesmo que momentaneamente, o isolamento social para desenvolver atividades essenciais ou adquirir bens de primeira necessidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’