A bênção foi feita diante de uma Praça de São Pedro vazia em meio à chuva e noite fria, o que causou uma imagem que rodou o mundo. A Itália é um dos países mais afetados e onde o coronavírus vitimou mais pessoas.

Por LD,
Lages/SC

📷 Papa Francisco caminha em direção ao altar montado na Praça de São Pedro. (Foto: Yara Nardi / Getty Images)

A imagem do Papa Francisco solitário em meio a uma praça de São Pedro, no Vaticano, completamente vazia, realizando a bênção extraordinária de “Urbi et Orbi”, normalmente concedida apenas no Natal e na Páscoa, repercutiu e comoveu a população que viu a transmissão da cerimônia através da TV e na internet.

A decisão de abrir uma exceção a este tipo de bênção dá uma dimensão da situação que o mundo passa, especialmente na Itália, país que está entre os com mais infectados e lidera o número de mortes com mais de 9 mil mortos, segundo a última atualização divulgada no início da tarde desta sexta-feira (27).

Os católicos que recebem a bênção, pessoalmente ou por meio das mídias, podem, sob certas condições, receber uma indulgência especial. Uma indulgência é a remissão da punição pelos pecados.