Morre o ex-ministro Gustavo Bebianno


Ele estava em sua casa, em Teresópolis, na região serrana do Rio.

Por VLADIMIR PLATONOW da AGÊNCIA BRASIL,
Brasília/DF

📷 Valter Campanatto / Agência Brasil

Morreu nesta madrugada (14) o ex-ministro Gustavo Bebianno, de 56 anos. Ele estava em sua casa, em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, quando passou mal.

A informação foi confirmada pelo empresário Paulo Marinho, amigo de Bebianno e atual presidentel do PSDB no Rio de Janeiro, partido pelo qual Bebianno pretendia disputar a prefeitura do Rio.

A principal hipótese é que ele tenha sofrido um infarto. Ainda não foi informado o local do velório e sepultamento.

Bebianno foi ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República. Ele foi presidente do PSL, coordenando pessoalmente a campanha vitoriosa de Jair Bolsonaro à Presidência da República. Ficou pouco tempo no cargo, saindo após divergências internas.

Bebianno conheceu Bolsonaro em 2017, quando se prontificou a atuar como advogado da campanha.

Em sua página no Twitter, o PSDB lamentou a morte de Bebianno.

📷 Reprodução / Twitter


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do músico Guilherme Steffen é encontrado no Guará, em Lages

Inscrições para cursos técnicos gratuitos no IFSC de Lages estão abertas

Binômio (cão e bombeiro) de Xanxerê já está em Lages e auxilia nas buscas por Guilherme Steffen