Luto na imprensa serrana: Morre Chico de Assis


Entre as muitas histórias em sua vida, por muitos anos dedicado a comunicação da Serra Catarinense, Chico de Assis imortalizou aquele que viraria a música tema de um dos maiores patrimônios de Lages, a Festa Nacional do Pinhão.

Por LD,
Lages/SC

📷 Divulgação

Morreu no fim da tarde desta quinta-feira, 12, o jornalista Francisco de Assis Nunes, o Chico de Assis que por muitos anos foi um dos principais nomes do jornalismo na Serra Catarinense e que entre muitos de suas histórias, imortalizou através de uma letra, a canção daquela que é um dos maiores patrimônios de Lages, a Festa Nacional do Pinhão.

Chico de Assis teve complicações de saúde nesta semana, onde acabou sendo internado e vindo a falecer nesta quinta-feira, deixando uma grande lacuna na comunicação da Serra Catarinense.

Trajetória

Nascido em Anita Garibaldi, na Serra Catarinense, Chico de Assis frequentou a Academia Nacional de Rádio e Televisão, em Jundiaí, no interior de São Paulo. Iniciou a vida profissional na Rádio Difusora de Lages onde permaneceu durante 13 anos. Transferiu-se para a Rádio Clube de Lages onde permaneceu por mais oito anos. Também foi redator do Jornal “O Planalto” e chegou a ser gerente de emissora do Grupo Sistema Catarinense de Comunicações (SCC) durante cinco anos.

Em 1988, transferiu-se para o Jornal “A Notícia”, de Joinville, na sucursal de Lages. Apreciador da cultura tradicionalista sulina, Chico de Assis, manteve durante dez anos uma coluna semana com crônicas ao estilo gauchesco. Nos 12 anos seguintes trabalhou para o jornal Correio Lageano. Por fim, atuou no Jornal “O Momento”.

Na década de 1980, período que atuou na Comunicação da Prefeitura de Lages, foi dele que partiu a letra da música oficial da Festa Nacional do Pinhão. Os versos “Do pinheiro, nasceu a pinha. Da pinha nasceu o Pinhão. Do pinhão nasceu a Festa, a Festa da Tradição...” ficaram imortalizados no pensamento e no coração dos lageanos e de quem ama aquele que é um dos maiores patrimônios da cidade, a Festa do Pinhão.

O Lages Diário presta solidariedade e condolências aos familiares, amigos e colegas de Francisco de Assis, a sua obra está eternizada nas páginas, nos microfones, e em nossos corações.

O velório ocorre na Capela São José no bairro Coral.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’