Em Lages, conforme as doses são disponibilizadas, vacinadores irão se deslocar até a residência de pessoas acamadas acometidas por doenças e à casa de idosos a partir de 80 anos de idade, por agendamento.

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

No final da tarde desta quarta-feira (25 de março) a Prefeitura de Lages, através da Secretaria Municipal da Saúde, recebeu da Regional de Saúde mais 4.380 doses da vacina contra a Influenza, da campanha nacional de vacinação contra a gripe.

De acordo com o vice-prefeito, Juliano Polese, por se tratar de uma quantidade pequena em relação ao público alvo desta primeira etapa da campanha, neste momento serão imunizados os profissionais da saúde, idosos que estão nas instituições de longa permanência (asilos), acamados e idosos com mais de 80 anos no próprio domicílio.

“Vamos priorizar este público, pois em um dia e meio da campanha vacinamos 8.350 pessoas e boa parte deste grupo acabou ficando de fora da imunização. A campanha não está reaberta, é apenas para este grupo divulgado. Com esta organização vamos contemplar todos, conforme as doses de vacinas vão sendo disponibilizadas e obedecendo o calendário estabelecido aos grupos prioritários do Ministério da Saúde. Sempre estaremos divulgando para a comunidade quando recebermos mais doses”, explica Juliano.

A vacina contra a gripe é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). O Ministério da Saúde adiantou a campanha nacional de abril para março, resguardando, antecipadamente, os grupos prioritários, aos vírus mais comuns da gripe e tendo em vista a pandemia do novo Coronavírus. Lembrando que esta vacina previne a gripe.

Vacinadores nas residências dos acamados e idosos a partir dos 80 anos

Em Lages, conforme as doses são disponibilizadas, vacinadores irão se deslocar até a residência de pessoas acamadas acometidas por doenças e à casa de idosos a partir de 80 anos de idade, por agendamento.

A secretária municipal da Saúde, Odila Waldrich, explica que este serviço será feito pelo Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) da Secretaria da Saúde. Os agendamentos poderão ser feitos através dos telefones do SAD: 3251 7993, 3251 7981, ou 9.9987 3017.