A pauta da reunião foi um resumo das ações desenvolvidas pelas secretarias municipais e demais entidades no trabalho de combate e prevenção ao novo Coronavírus

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC



O prefeito Antonio Ceron presidiou na manhã desta terça-feira (31 de março) mais uma reunião do Gabinete Emergencial de Prevenção e Acompanhamento da Covid-19 (novo Coronavírus) por videoconferência. Na oportunidade o vice-prefeito Juliano Polese também participou e demais representantes das instituições e entidades que compõem o Gabinete (Justiça, Segurança Pública, Saúde, Educação, Poderes Executivo e Legislativo e Entidades de Classe).

A pauta da reunião foi um resumo das ações desenvolvidas pelas secretarias municipais e demais entidades no trabalho de combate e prevenção ao novo Coronavírus em Lages. “Tivemos como exemplo as atuações da Defesa Civil Municipal, que junto com a Força de Segurança já vistoriou mais de 450 estabelecimentos comerciais no cumprimento dos Decretos Estadual e Municipal, obedecendo as atuais normas”, comentou o prefeito Ceron.

Outras pastas da municipalidade também apresentaram suas ações neste período de quarentena. A Assistência Social e Habitação em sete dias atendeu 200 pessoas em situação de rua no abrigo emergencial criado no CAIC Nossa Senhora dos Prazeres, no bairro Santa Catarina. Neste atendimento está incluso a distribuição de quatro refeições diárias para todos que procuram e aceitam o serviço.

“A secretária da Saúde, Odila Waldrich, também nos repassou dados importantes da organização de leitos em Unidades de Terapias Intensivas nos hospitais de Lages para atendimentos de futuros casos graves da Covid-19 na cidade. Este trabalho é executado em conjunto com o Governo do Estado”, salientou o prefeito Ceron.

O vice-prefeito, Juliano Polese, ressaltou ainda que a prefeitura solicitará junto ao Governo do Estado a liberação de vacinas para a imunização contra a gripe de policiais e bombeiros que atuam em Lages no trabalho de combate e prevenção à Covid-19.

Fake News

Outra preocupação das autoridades e representantes do Gabinete Emergencial de Prevenção e Acompanhamento do Covid-19, é com relação às Fake News espalhadas por algumas pessoas em redes sociais. A Polícia Federal, Ministério Público de Santa Catarina e a Delegacia Regional de Polícia Civil intensificaram o trabalho na busca dos autores deste trabalho que atrapalha no combate e prevenção ao novo Coronavírus, causando pânico na comunidade em geral.