Exame de mulher com suspeita de ter coronavírus dá resultado negativo


Lavar as mãos constantemente e esterilizar as mãos são duas das diversas formas de prudência ao contágio.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Carlos Alberto Arruda Junior / ASCOM PML


O primeiro boletim emitido pelo Gabinete Emergencial de Prevenção e Acompanhamento do Covid-19 (novo coronavírus), implantado pelo Município na manhã desta sexta-feira (13 de março), aponta que está DESCARTADO o caso suspeito de uma mulher que viajou para a Itália e regressou a Lages, onde mora, no início desta segunda semana de março. A mulher de 28 anos foi submetida ao teste e tomou todas as precauções até que o diagnóstico fosse feito mediante análise de material com emissão de laudo. O teste foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-SC), em Florianópolis.

De acordo com dados levantados pelo Gabinete Emergencial, já foram analisados 15 casos que chegaram até o órgão. Destes, um caso encaixado como suspeito e descartado por volta das 16h45min desta sexta-feira.

Seis pessoas estão em isolamento domiciliar pelo período de quarentena por 14 dias (tempo de incubação do vírus), pois estiveram em área endêmica e podem estar com o vírus incubado. Vale ressaltar que estas pessoas não apresentam sintomas.

Nove casos não chegaram a ser considerados suspeitos, pois são referentes a pessoas que não estiveram em área endêmica e nem mantiveram contato com casos de pacientes confirmados para coronavírus. Trata-se de pessoas que apresentaram dúvidas à Secretaria da Saúde, com alterações de saúde.

No final de semana (14 e 15 de março), a população deve procurar a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Maria Gorete dos Santos, com funcionamento 24 horas por dia, nas situações dos sintomas de tosse, febre e dificuldade respiratória (falta de ar). Outros possíveis sintomas: Dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta e diarreia. As formas de transmissão do vírus são pelo ar, por contato, (aperto de mão, beijo e abraço), superfícies não higienizadas e vias animais.

Desta sexta-feira até domingo (13 a 15 de março), profissionais da Secretaria da Saúde e da Defesa Civil irão visitar locais com grande aglomeração de público em eventos como festas e formaturas, principalmente os populares “bailinhos” da terceira idade, com participação de idosos, componentes do grupo de vulnerabilidade. As visitas têm a finalidade de prestar orientações à comunidade e alertar sobre os cuidados pessoais de lavar sempre bem as mãos e utilizar álcool gel 70% como esterilizador.

Os ambientes devem estar bem ventilados. Os hábitos de prevenção devem se estender também às casas asilares, que recebem visitas permanentes e onde a movimentação é intensa. O Gabinete Emergencial foi instituído pelo Decreto Municipal nº 17.896 e assinado pelo prefeito Antonio Ceron.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’