Defesa Civil SC lança canal de doação de materiais para enfrentar doença no Estado


O órgão estadual está centralizando informações dos itens necessários para equipes que estão a campo, como álcool em gel e equipamentos de proteção individual (EPIs) – máscaras, luvas, aventais e outros.

Por FLÁVIO VIEIRA JÚNIOR da SECRETARIA DE ESTADO
DE DEFESA CIVIL,
Florianópolis/SC

📷 Julio Cavalheiro / SECOM 

Para arrecadar materiais fundamentais para ações de combate ao coronavírus em Santa Catarina, a Defesa Civil lançou um canal de doações. O órgão estadual está centralizando informações dos itens necessários para equipes que estão a campo, como álcool em gel e equipamentos de proteção individual (EPIs) - máscaras, luvas, aventais e outros.

A Defesa Civil está buscando doadores diretos destas necessidades, pessoas físicas ou jurídicas, que possam fazer a aquisição e o repasse dos produtos. Para isso foi criado um canal de contato que recebe as demandas dos órgãos e os colaboradores.

Neste link os interessados p
odem se cadastrar e em seguida o contato é realizado pelos técnicos da Defesa Civil. Da mesma forma, estão sendo cadastrados fornecedores dos materiais e empresas que possam apoiar no transporte na coleta ou distribuição dos itens. O processo será transparente e a destinação das doações identificada.

A ação é uma ponte entre a sociedade e os órgãos oficiais que trabalham no combate direto ao vírus. “Estamos em um momento que a união de esforços fará a diferença na luta contra o coronavírus”, destacou o chefe da Defesa Civil, João Batista Cordeiro Júnior.

Segundo ele, o canal de doações busca alinhar as necessidades dos órgãos oficiais com o apoio de empresas ou pessoas físicas. Os materiais doados serão utilizados na linha de frente do enfrentamento à doença nos hospitais e nas ruas em apoio à população. “Ainda teremos uma longa jornada e juntos venceremos esta batalha”, completou.

Canal de repasse financeiro 

Na segunda-feira, 23, o Governo do Estado publicou um decreto sobre a operacionalização de doações para o Fundo Estadual da Saúde (FES), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (SES). As transferências voluntárias podem ser efetuadas por pessoas físicas e jurídicas, por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (Dare), que pode ser emitido neste endereço

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’