A associação administradora do Hospital Frei Rogério é quem fará a compra do equipamento que irá auxiliar no tratamento de pacientes graves do Covid-19.

Por TAINA BORGES do NCI/TJSC,
Lages/SC

📷 Arquivo / Correio dos Lagos

O juízo da comarca de Anita Garibaldi atendeu pedido do Ministério Público e deferiu a transferência de cerca de R$ 30 mil para compra de um ventilador pulmonar para o Hospital Frei Rogério. A associação administradora da unidade hospitalar é quem fará a compra do equipamento que irá auxiliar no tratamento de pacientes graves do Covid19.

O juiz José Antonio Varaschin Chedid explica que o recurso é oriundo de acordos em crimes de menor potencial ofensivo e que o valor já está na conta da entidade. O beneficiado tem até 120 para apresentar a prestação de contas.

O hospital de Anita Garibali é filantrópico e faz cerca de 1500 atendimentos por mês. Além da população da cidade e de Cerro Negro, chegam à unidade pacientes em casos urgentes e emergentes de toda aquela região. Dos 32 leitos ativos, 15 estão reservados para atendimentos de possíveis demandas relacionadas ao Coronavírus.  

O diretor Gabriel Stanck diz que o leito para casos graves está sendo equipado.   “Não tínhamos um ventilador. Além de servir para atender o paciente no quarto, estamos estudando uma forma de acoplá-lo na ambulância para o transporte até nosso centro de referência que é Lages, a 120 quilômetros”.

Para adquirir o equipamento, o Hospital Frei Rogério contou ainda com o auxílio do Município de Anita Garibaldi.  Quem acompanha as tratativas por parte do MP é o promotor é Guilherme Luiz Dutra.