Centro de Triagem é aberto em Lages


Unidade que fica no antigo Pronto Atendimento Tito Bianchini irá atender aos pacientes com casos de moderados a graves de síndromes respiratórias, e que serão tratados como casos suspeitos para o novo coronavírus (Covid-19).

Lages/SC

📷 Pacientes com sintomas de síndrome respiratória são avaliados na entrada do
Centro de Triagem. (Foto: Maurício Santos / LD Comunicação).

O antigo Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro de Lages, que estava fechado há pelo menos seis meses, voltou a funcionar na manhã desta segunda-feira, 30, mas desta vez como um Centro de Triagem para pacientes com síndromes respiratórias, entre elas, pacientes com a suspeita ou confirmação para a Covid-19, conhecido como o coronavírus.

O local foi preparado nas últimas duas semanas para ser um hospital de triagem com avaliação médica de pacientes que apresentam alguns sintomas como febre, tosse seca e especialmente falta de ar. Caso seja necessário, o paciente será encaminhado para internação no local que conta com 13 leitos, sendo quatro deles com equipamentos respiratórios para tratamento dos casos mais graves.

A decisão de criar esse Centro de Triagem foi especialmente de evitar que possíveis pacientes com o novo coronavírus se deslocasse até a UPA onde ficou destinado para o atendimento das pessoas com outras patologias e que já estão com a imunidade baixa e poderiam contrair a nova doença. Além disso, facilitar o trabalho das equipes médicas para o encaminhamento e triagem de pacientes para os hospitais Nossa Senhora dos Prazeres (HNSP) e Tereza Ramos (HTR).

Atendimento

📷 Pacientes são avaliados no lado de fora do Centro de Triagem. (Foto: Maurício
Santos / LD Comunicação)

Enquanto o Lages Diário estava no local, as equipes atenderam a dois pacientes, sendo um masculino e uma feminina, o primeiro veio em uma ambulância do município vizinho de Palmeira. Ele foi questionado sobre sintomas, e foi feito a aferição da febre, o qual não apresentava sintomas, foi prescrito medicamentos ao paciente e orientado a voltar para casa, mas que se sentisse qualquer sintoma que era para retornar ao Centro de Triagem para uma nova avaliação.

Já a paciente mulher também foi avaliada pela equipe médica, mas também foi liberada e orientada para caso sintomas se apresentem novamente para retornar ao o Centro de Triagem para uma nova avaliação. A equipe fez questão de lembrar que o Centro de Triagem irá atender aos casos de moderado a grave.

Caso haja alguma dúvida, a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza os telefones (49) 3251-7601 e 3251-7602 para que a população tire as dúvidas e saiba para qual local se deslocar para atendimento e reforça que a principal recomendação para aquelas pessoas que estejam assintomáticas ou com sintomas leves para que fique em casa.

📷 Equipe médica faz a recomendação para a população que não está com sintomas de
doenças respiratórias, fiquem em casa. (Foto: Maurício Santos / LD Comunicação)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’