Segundo a parlamentar, até o momento só estão sendo testadas as pessoas que estão internadas.

Por LD,
Lages/SC   

📷 Cleia Viana / Câmara dos Deputados
          
A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) manifestou preocupação na última sexta-feira, 27, com a falta de testes rápidos para detecção do novo coronavírus (Covid-19) em casos suspeitos de contaminação pela doença. A parlamentar defende a ampliação dos testes rápidos já que até o momento somente estão sendo testadas as pessoas que estão internadas.

Para a parlamentar que também é relatora da Comissão Externa do Coronavírus, as pessoas que têm sintomas também devem ser testadas afim de acabar com a proliferação da doença, já que muitas pessoas podem estar infectadas e transmitindo a doença sem saber. “Os que estão com sintomas precisam ser diagnosticados logo para conter a disseminação da doença”, alertou Carmen.

A Comissão Externa do Coronavírus encaminhou uma indicação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para que destine mais recursos para a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) para que possa produzir mais testes para o diagnóstico da doença. Os parlamentares também solicitaram que o governo faça, com urgência, chamamento público internacional para a aquisição de testes rápidos, kits e reagentes utilizados na medicina diagnóstica.