Município esclarece equívoco em requisito para a vaga de educador social do processo seletivo


Esta e outras explicações estão detalhadas e podem ser acompanhadas pelos interessados no documento digital da errata nº 001-2020, publicado no site da Prefeitura, acessando na matéria.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

A Secretaria da Administração e Fazenda explica à população sobre a correção de uma informação constatada no Processo Seletivo Público Simplificado especificado no edital nº: 001/2020, para contratação temporária de 104 profissionais a serem prestadores de serviços à prefeitura de Lages. Para a função de educador social - feminino/masculino (Centro de Referência Especializado de Assistência Social - Creas e Centro de Referência de Assistência Social - Cras) é exigida a apresentação de diploma de graduação em pedagogia ou psicologia ou serviço social ou sociologia ou terapia ocupacional (cópia autenticada). Anteriormente o documento mencionava, de forma equivocada, o requisito de apresentação do diploma de conclusão do bacharelado nestes cursos. A prefeitura de Lages reconhece o equívoco já reparado.

Esta e outras explicações estão detalhadas e podem ser acompanhadas pelos interessados no documento digital da errata nº: 001-2020, publicada no link http://www.lages.sc.gov.br/site-antigo/editais-em-destaque#processos-seletivos, disponível para visualização e download. As inscrições para o processo seletivo seguem abertas até dia 11 de março e neste mesmo link o edital pode ser consultado na íntegra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’