O primeiro grande desafio é a Super Copa do Brasil de Futsal Feminino, uma das principais competições que dará vaga para a Copa Libertadores.

Por ALINE TIVES da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Rafael Araldi / FME

Depois de um ano repleto de troféus erguidos com orgulho, até chegar ao ponto máximo de qualquer esporte, que é conquistar um campeonato mundial, o time das Leoas da Serra inicia 2020 com o pé direito em quadra. Nesta segunda-feira (10 de fevereiro), no ginásio Jones Minosso, aconteceu a apresentação do time com as novas atletas, assim como a equipe técnica, médico, fisioterapeuta, diretoria e incentivadores.

As Leoas apresentam um time completamente novo, em um ano com mais mudanças no elenco. Novas integrantes no grupo, com atletas que passaram pela seleção brasileira, geram ainda mais expectativa sobre o desempenho e entrosamento. Este ano o grupo está mais reduzido, com 15 atletas com boas condições de jogo. Além de nomes já conhecidos e consagrados com Amandinha, Diana e Tampa, o técnico Esquerda recebeu mais três reforços de seleção brasileira: a goleira Regiane, a ala Simone e a pivô Nega.

O primeiro grande desafio é a Super Copa do Brasil de Futsal Feminino, umas das principais competições que dará vaga para a Copa Libertadores. “Esperamos que com os novos reforços e corrigindo o que fizemos errado no ano passado, esta temporada seja excelente para as Leoas”, afirma Esquerda. Os jogos contra Taboão da Serra que definirá qual o time brasileiro irá à Bolívia em maio disputar a Libertadores ocorrerão nos dias 14 e 28 de março.

Desde o primeiro ano do projeto, que iniciou em 2013, o time superou todas as metas traçadas, e até projetos difíceis de acontecer devido às dificuldades financeiras no futsal feminino, como a disputa de um mundial. “O time já ganhou tudo o que tinha pra conquistar, agora nosso foco é voltar a ter um título internacional, conquistar a Libertadores e novamente ser protagonista de um campeonato mundial. Estamos muito confiantes”, comenta o fundador do time, Maurício Neves de Jesus.