Berneck: Ceron acompanha Gilson Berneck durante vistoria de obras


Empresa deve entrar em funcionamento em Lages no início de 2021.

Por LD,
Lages/SC

📷 Greik Pacheco / ASCOM PML

Acompanhado do empresário Gilson Berneck, o prefeito de Lages, Antonio Ceron esteve no canteiro de obras localizado às margens da BR-116 para acompanhar a vistoria das obras daquele que será o maior investimento privado da história da cidade, a construção do parque fabril da Berneck. A vistoria ainda teve o acompanhamento também do gerente de implantação, Silvio Novelli; do procurador-geral do município, Agnelo Miranda e por representantes da empreiteira responsável pela obra.


As obras estão atualmente na fase de terraplanagem e drenagem pluvial. Pedras basalto encontradas no local e que foram detonadas, serão utilizadas para o processo de terraplanagem e nivelação do terreno.

Dentro de aproximadamente 60 dias, as obras irão avançar para a pavimentação no local. A previsão é de que a Berneck – que já conta com uma fábrica em Santa Catarina, localizada na cidade de Curitibanos – deverá entrar em funcionamento em Lages até o início de 2021.


A Berneck de Lages em números

A previsão é de que a Berneck gere 650 postos de trabalho diretos e outros 1.500 indiretos. O investimento da obra está em torno de R$ 1 bilhão e será uma das principais fontes de arrecadação de impostos revertidos ao município. O investimento é o maior da história de Lages, passando a implantação da Ambev.

Além disso, a estrutura física da nova fábrica irá ocupar uma área de quase 99 mil metros quadrados (99 mil m²). Já quando a fábrica estiver em funcionamento a produção será de 500 mil metros cúbicos ao ano (500 mil m³/ano), e 460 mil metros cúbicos ao ano (460 mil m³/ano) de madeira serrada de pinus. Cerca de 70% da produção de MDF, será destinada ao mercado interno regional e nacional, e o restante ao mercado externo como países da América do Sul, Estados Unidos, na América Central, e China, na Ásia. Já o mercado de serrados deve variar, mas estima-se que 80% sejam direcionados a exportação para diversos países, principalmente a China.

O fluxo de caminhões será de 376 ao dia (recebimento de toras, toretes, biomassa e resina, almoxarifado e diversos, e expedição de cinzas, serrados e de painéis). Para cada 300 veículos carregados de matéria-prima são 100 de produto final. Na unidade de co-geração a ser implantada junto à indústria, a potência de consumo será de 19 megawatts e geração de 29 megawatts.


Contratação de mão de obra

A Berneck deve iniciar o processo de seleção e contratação dos funcionários que irão atuar na empresa, a partir do segundo semestre deste ano. Segundo a Prefeitura de Lages, o programa Qualifica Melhor Lages, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, irá prestar o suporte à empresa oferecendo cursos e treinamentos específicos e solicita que os interessados fiquem atentos às novidades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’