O Município estipulou o prazo de três meses para a entrega completa do conjunto de benfeitorias.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML

Nos meses de férias, os lageanos recepcionam familiares que vêm de outras cidades para passear e ficar em suas casas, e é óbvio que uma rua bem organizada e bonita arranca elogios de qualquer pessoa. Para o próximo período de descanso, no verão 2020/2021, os moradores, comerciantes e visitantes da rua Dias Velho, no bairro Guarujá, já devem avistar uma via pavimentada, até então de chão batido.

Porém, as obras de asfaltamento irão ficar prontas bem antes e devem ser aproveitadas pelos moradores já em abril e pelos visitantes já nas férias escolares de julho, pois a ordem de serviço foi assinada e entregue na manhã desta terça-feira (21 de janeiro), pelo prefeito em exercício, Juliano Polese, e pelo secretário do Planejamento e Obras, João Alberto Duarte, em solenidade prestigiada na própria comunidade, por moradores e comerciantes da região, lideranças comunitárias, executivos e servidores municipais e vereadores. O Município estipulou o prazo de três meses para a entrega completa do conjunto de benfeitorias ao longo dos 371,50 metros de extensão, pela empresa Construtora AS Ltda., de Lages, vencedora do certame licitatório. O prazo conta a partir do recebimento do documento nesta terça, liberando o começo dos trabalhos.

As obras terão início na interseção com a avenida 31 de Março e término na interseção com a avenida Maria Amélia de Souza Ramos, esta última cuja ordem de serviço será entregue nos próximos dias. Portanto, estas vias são alguns dos principais canais de ligação dentro do bairro e em direção ao Coral, Centro e à rodovia BR-282.

A lista de serviços a serem executados é integrada de terraplanagem; drenagem pluvial e obras correntes; pavimentação asfáltica; urbanísticos; passeios públicos (calçadas) em ambos os lados da via, em concreto com piso podotátil direcional e alerta e rebaixamento com rampa para cadeirantes e para garagens; obras complementares, e sinalização de trânsito horizontal e vertical. Os trabalhos compreendem drenagem pluvial com 677 metros de extensão com tubos de concreto no modelo DN de 120 centímetros e de 40 centímetros; área de pavimentação com 3.790 metros quadrados; pista com nove metros de largura, e passeios públicos (calçadas) na extensão de 743 metros. Os serviços serão postos em prática custeados ao valor de R$ 895.560,06, cuja fonte é o Programa Minha Rua Melhor/Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

A Dias Velho consiste em uma das vias de pavimentações do Programa Minha Rua Melhor, da prefeitura de Lages, com fiscalização pela Secretaria do Planejamento e Obras, e prioriza ruas de terra onde estão localizadas ou próximas de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Centros de Educação Infantil Municipal (Ceims), Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs) ou que fazem parte de rotas do itinerário do transporte coletivo, vias de alto fluxo diário de veículos e pedestres. “As famílias impactadas com estas obras na Dias Velho estão há 33 anos no aguardo de uma solução. O Guarujá é um bairro com 68 anos de história e a vinda do asfaltamento se soma as outras benfeitorias, como a Unidade de Saúde, o Caic, Ceims, Projeto Guarujá Social e horta comunitária. Em toda Lages iremos entregar mais de 100 ruas asfaltadas em quatro anos de administração”, pontua o prefeito em exercício, Juliano Polese. A Secretaria do Planejamento e Obras contabiliza 40 ruas com obras em andamento e com ordens de serviço entregues e, destas, 12 sob trâmites de processo licitatório.

Guarujá autossuficiente

A Escola de Educação Básica (E.E.B.) General José Pinto Sombra está situada neste endereço e próximos a esta rua estão localizados dois supermercados, padaria, o Centro Espírita Obreiros da Nova Era, Igreja Adventista, Paróquia Nossa Senhora da Saúde e o Ceim Gralha Azul, bem como academia, oficina mecânica, auto elétrica, loja de material de construção, entre outros pontos de comércio e prestação de serviços. O aposentado Djalma Tomelin mora na Dias Velho há nove anos, bem em frente à escola estadual. Na casa da frente mora sua filha Luciana; o genro Marcos, e os netos Lucas e Alexandra.

Sua esposa, Valdeci, é cadeirante e será beneficiada diretamente com uma calçada à altura da sua necessidade de locomoção. “É maravilhoso o que irá acontecer aqui. É uma luta de vários anos. Além de nós, moradores, as crianças e professores do colégio serão abrangidos, pois vai parar de entrar poeira e a água da chuva vai parar de invadir a escola. Asfalto é uma das melhores medidas que uma prefeitura pode tomar em favor da população, tem um significado enorme, facilita a vida”, opina o morador.

O bairro Guarujá é o maior da cidade em extensão territorial e aparece, ao lado do bairro Santa Helena, como um dos maiores em índice habitacional, com 19 mil habitantes em 4.800 residências. “O Guarujá ficou mais de 20 anos sem receber praticamente nada de investimentos públicos em infraestrutura. Somente nesta gestão, o Guarujá já teve melhorias e inovações em 11 ruas. Temos um total de 104 ruas no bairro e a pavimentação propicia uma vida com maior bem estar e valorização do imóvel. O bairro é responsável por bons resultados econômicos em Lages, com suas dezenas e dezenas de estabelecimentos comerciais”, comemora o presidente da Associação de Moradores, Luis Carlos Alves Borges, acompanhado da vice-presidente da Associação, Rita de Cássia Athayde Silveira.

Segurança e isonomia na acessibilidade

Responsável por auxiliar deficientes visuais em sua locomoção em ambientes externos, colocado em ruas, avenidas e calçadas, além de ser um instrumento moderno e eficaz ao garantir a mobilidade urbana sob o princípio da igualdade no direito de ir e vir, a escolha pelo piso podotátil de concreto acontece por conta da possibilidade de confecção em placas que podem ser do tipo alerta ou direcional. O piso podotátil possui baixo custo de manutenção e excelente durabilidade, e feito em alto relevo para contribuir com os deficientes visuais.

Drenagem especial

As ruas do Guarujá que estão passando por esta modernização na sua mobilidade, dotadas de inúmeros mecanismos de conforto e estética, contarão com um inovador processo de drenagem pluvial especial. Na Dias Velho, a drenagem será composta por uma tubulação de diâmetro considerável, pois as águas originadas na pista e região do Aeroporto Federal Antônio Correia Pinto de Macedo descem em direção à rua Vera Cruz, passando pela Dias Velho e Maria Amélia de Souza Ramos. “Consiste em uma contribuição grandiosa por ser uma bacia hidrográfica gigante, e então diante de tal demanda, de acordo com os cálculos elaborados pela empresa executora do projeto, foi determinada a implantação de uma drenagem nesta dimensão”, argumenta o engenheiro civil da Secretaria do Planejamento e Obras, Wilson Besen. A Vera Cruz, Dias Velho e Maria Amélia fazem parte de um conjunto de obras de acesso ao bairro e este sistema de drenagem beneficiará estas ruas e os novos loteamentos residenciais instalados e em processo de instalação.

Agenda de janeiro

No dia 23, às 9h, será a vez da entrega da ordem de serviço de autorização para a pavimentação asfáltica da rua Presidente Kennedy, no Copacabana, e no dia 28, às 9h, da rua Frei Henrique de Coimbra, no Guarujá. Na quinta-feira (16) foi repassada a ordem de serviço para asfaltamento da rua Adolfo Freygang, no bairro São Pedro, e no dia 14 de janeiro foi entregue a ordem de serviço para a pavimentação asfáltica das ruas Abetino Rodrigues Marafigo e João Ribas, ambas no bairro Guarujá. Ou seja, serão seis ruas em obras ao mesmo tempo no Guarujá.

Na quinta-feira (23), será cumprida a etapa de qualificação (verificação de documentos) das empresas concorrentes na licitação para asfaltamento das ruas Adair Luiz Dresch, da Castanha e da Gruta (todas no Caroba); Alberto Nepomuceno, Carlos de Mesquita e Leopoldo Migues (estas no bairro São Paulo), e avenida Maria Amélia de Souza Ramos (Guarujá). Após decorrerá o prazo de cinco dias para recurso, e na sequência haverá a abertura dos envelopes com as propostas financeiras para escolha da melhor, com a finalidade de execução das obras.

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML