Uso consciente: tratamento de água em Lages chega perto do limite


Semasa pede à população que faça uso racional da água durante estes dias de calor intenso.

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Arquivo / ASCOM PML

Com a chegada do verão é normal as pessoas buscarem alternativas para se refrescarem. Isso está associado também ao uso excessivo da água potável, seja para encher piscinas, tomar banho de mangueiras, lavar carros, calçadas entre outras atividades ao ar livre, consideradas normais para esta época do ano.

Mas o uso abusivo e sem controle da água nestes últimos dias está fazendo com que o sistema de tratamento trabalhe no seu limite. Para se ter uma ideia estão sendo tratados 595 litros por segundo na Estação de Tratamento de Água (ETA), da Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa). No feriado de Natal, na quarta-feira (25) chegou a marca de 610 litros por segundo de água tratada na estação, o limite máximo do serviço.

De acordo com o diretor de Operações da Semasa, Ademir Fabrício, é importante que a população se conscientize e poupe água para que não se tenha prejuízo no abastecimento para as comunidades residentes nos bairros mais altos da cidade. “Entendemos que este é um período de férias, onde as famílias estão reunidas. Todos querem se refrescar no calor, mas temos que ter consciência do limite do nosso serviço de tratamento”, diz.

Fabrício cita os investimentos futuros que irão melhorar a infraestrutura de abastecimento de água em Lages como: a nova estação que irá tratar mais 300 litros de água por segundo (em licitação) chegando a 900 litros por segundo, e o novo reservatório de seis milhões de litros de água que será construído no bairro Morro do Posto (as obras iniciam no mês de janeiro).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’