Reeducandos já atuam no serviço de manutenção urbana em Lages


A mão de obra dos reeducandos também representa um reforço na equipe de trabalho da municipalidade, proporcionando maior agilidade nos serviços públicos prestados à comunidade.

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML

Quem passa pelas principais ruas e avenidas de Lages já nota a presença dos reeducandos do Presídio Regional atuando nos serviços gerais de limpeza urbana. Esta iniciativa se dá através de um Termo de Parceria Laboral entre o Município e o Governo do Estado, através da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa.

Para o prefeito Antonio Ceron este é um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado que oportuniza aos reeducandos a ressocialização na sociedade. “Um trabalho sério e humano, sem exclusões”, diz o prefeito.

Este Termo prevê que 15 reeducandos do Presídio Regional de Lages, localizado no bairro São Cristóvão, trabalhem nos serviços gerais de manutenção e limpeza urbana. A mão de obra dos reeducandos também representa um reforço na equipe de trabalho da municipalidade, proporcionando maior agilidade nos serviços públicos prestados à comunidade.

Os reeducandos irão trabalhar de segunda a sexta-feira, com jornada de trabalho de oito horas. Para cada três dias trabalhados é reduzido um dia da pena. Será pago o valor de R$ 998,00 pela Prefeitura ao Fundo Rotativo da Penitenciária da Região de Curitibanos, por reeducando. Deste valor, 25% serão revertidas para o fundo das atividades socioeducativas da Administração Prisional.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’