Leoas da Serra abrem vantagem de 2 a 0, mas não seguram pressão na segunda etapa e sofrem virada para 4 a 2.

Lages/SC

📷 Taboão da Serra comemora título da Copa do Brasil. (Foto: Maurício Santos / LD Comunicação)

Taboão da Serra é a equipe campeã da Copa do Brasil de Futsal Feminino 2019. O time paulista conseguiu manter a vantagem e após ter um primeiro tempo ruim, conseguiu se recuperar na segunda etapa e virou a partida vencendo por 4 a 2 as Leoas da Serra e acabar com o sonho do bicampeonato da equipe lageana na competição conquistado em 2017.

O jogo

Com a desvantagem obtida no primeiro jogo, na qual Taboão da Serra venceu por 2 a 0, as Leoas partiram para cima em busca da vitória no tempo normal para forçar a prorrogação, e faltando 13m44s, Greice abriu o placar. As Leoas seguiam pressionando e chegaram a perder algumas oportunidades, porém, Taboão da Serra também não se abateu e tentou algumas chances, que pararam na boa atuação da goleira Juba.

Faltando 3m27s, Amandinha conseguiu ampliar a vantagem para 2 a 0, mesmo com reclamação da equipe de Taboão de uma falta no início da jogada – que não ocorreu.

Ânimos quentes na arquibancada e virada do Taboão no segundo tempo

Na ida para o intervalo, um princípio de discussão entre as torcidas de Taboão da Serra e Leoas da Serra próximo a entrada dos vestiários, tudo por conta da reclamação de membros da torcida da equipe paulista contra as árbitras da partida, o que foi criticado pela torcida das Leoas. Seguranças fizeram o isolamento da área para evitar um possível confronto.

Voltando para a segunda etapa, tanto Leoas da Serra e Taboão da Serra voltaram com posturas diferentes. Para o lado das lageanas, infelizmente, a postura foi inferior ao apresentado na primeira etapa, mas não por falta de vontade, mas sim, pela postura mais agressiva das meninas do Taboão que conseguiram muito bem anular as tentativas das atletas das Leoas e chegaram algumas vezes com perigo, porém, novamente pararam nas mãos de Juba.

Taboão da Serra adotou a estratégia da goleira linha e foi em uma jogada assim que conseguiu diminuir aos 6m40s com Su Reis. As Leoas sentiram o golpe e aos 5m28s, Natalinha empatou a partida. Com esse resultado, Taboão estava se tornando campeã.

As Leoas da Serra também adotaram a goleira linha com Diana, mas não surtiu efeito e, proporcionaram chances de gol para Taboão, bolas que não entraram por capricho, o que mudou faltando 1m24s, quando a goleira Flavi conseguiu defender e chutou da sua área para marcar a virada da partida em 3 a 2. As Leoas ainda tentavam chegar ao gol, mas paravam na forte marcação de Taboão que ainda teve tempo faltando 01m01s para acabar marcar o quarto gol nos pés de Lorrana. Dali em diante foi somente aguardar o apito final e ver a festa das meninas do Taboão da Serra que vence a primeira final contra Leoas da Serra após duas finais com títulos ficando para a equipe lageana: Copa das Campeãs e a Taça Brasil.