Levantamento técnico da Semasa, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), chegou a uma demanda inicial da implantação de 75 contentores para atender o serviço de coleta de lixo orgânico em determinada área central (comercial) da cidade.

Por IRAN ROSA DE MORAES da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

Responsável pela administração do serviço de coleta do lixo urbano, a Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa) fará uma coletiva de imprensa na terça-feira (19 de novembro), às 8h30, no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojista (CDL), pra apresentar o novo sistema de coleta do lixo orgânico em área central da cidade, incluindo também as avenidas Presidente Vargas e Camões.

A Semasa, em parceria com a empresa Serrana Engenharia, contratada pela prefeitura para o serviço de coleta do lixo, fez levantamento técnico em conjunto com a CDL, e chegou a uma demanda inicial da implantação de 75 contentores de lixo para atender o serviço de coleta em determinada área central (comercial) da cidade. Cada contentor tem capacidade de armazenar até 1.000 litros de resíduos sólidos.

“Estamos aprimorando o trabalho para melhorar a prestação de serviços à comunidade. A coleta do lixo em Lages funciona bem e devemos manter o sistema em pleno funcionamento”, comenta o prefeito Antonio Ceron. 

Em determinados pontos serão colocados até dois contentores e a ideia é que os moradores da área mapeada para o novo sistema de coleta do lixo passem a depositar os resíduos apenas dentro destes recipientes. Já o recolhimento do lixo será feito com a utilização de três caminhões adaptados.

O diretor de Resíduos Sólidos, Milton Matias Filho (Miltinho), disse que esta coletiva de imprensa servirá também para difundir as informações inerentes à conscientização dos moradores. “Contamos com a colaboração dos moradores da área mapeada, para que a partir do funcionamento deste novo sistema de coleta, todo o lixo orgânico passe a ser depositado unicamente dentro dos contentores. O horário de coleta continuará o mesmo, a partir das 21 horas, de segunda-feira à segunda-feira”, adianta Miltinho.