Reunião ocorreu na última sexta-feira (11) na Câmara dos Vereadores e contou com a participação do Núcleo de Bares e Casas Noturnas da ACIL, órgãos de segurança pública de Lages e representantes do Poder Público para debater este e outros assuntos relacionados à Segurança.

Por LD,
Lages/SC

📷 Reunião discutiu medidas para combater casos de violência em bares e casas
noturnas de Lages. (Foto: Aline Borba / Câmara Lages)

Os recentes casos de violência com registros até de homicídios no entorno de casas noturnas e bares, além das ocorrências de perturbação do sossego e brigas nos arredores e até mesmo dentro destes estabelecimentos motivou a realização de uma reunião na última sexta-feira (11) na Câmara dos Vereadores de Lages para debater e apresentar soluções e medidas em busca de ao menos diminuir estes casos que, infelizmente, têm crescido na principal cidade da Serra Catarinense.


A reunião que contou com a participação do Núcleo de Bares e Casas Noturnas da Associação Empresarial de Lages (Acil), órgãos de segurança pública de Lages e representantes do Poder Público e com a mediação do vereador Lucas Neves (Progressistas) debateu sobre o assunto da segurança nestes locais visando proporcionar mais segurança dos frequentadores – em grande maioria, jovens – destes locais.

📷 Vereador Lucas Neves foi o mediador do debate
sobre violência em bares e casas noturnas. (Foto: Aline
Borba / Câmara de Lages)
O vereador Lucas Neves destacou a importância da realização de debates como este que trazem resultados positivos. “Em 2017 já havíamos realizado uma conversa sobre o assunto e tivemos avanços positivos na época. Agora nos deparamos com situações que precisam novamente ser discutidas, com objetivo de proporcionar mais segurança aos jovens de nossa cidade”, destaca o vereador.

Entre as medidas definidas durante a reunião, uma delas é a de criação de um grupo no WhatsApp com contará com a participação de proprietários de estabelecimentos e representantes de órgãos de polícia e do setor de fiscalização da Secretaria Municipal de Planejamento e Obras, onde poderão ser traçadas estratégias para enfrentar o problema de violência e perturbação de sossego. Neste canal também poderá ser realizada denúncias de casos de violência fora dos estabelecimentos – já que no interior é de responsabilidade do proprietário do local – e ações de prevenção.

📷 Autoridades e representantes de casas noturnas e bares se reuniram para debater
medidas para prevenir e combater a violência e a perturbação do sossego nestes locais
em Lages. (Foto: Aline Borba / Câmara de Lages)

Brigas e discussões tem se tornado frequentes

O ano de 2019 foi marcado por discussões, alguns terminando até em morte em Lages próximo ou até mesmo no interior de bares e casas noturnas da cidade.

Não é raro ver brigas envolvendo jovens registradas e divulgadas em vídeos nas redes sociais em frente a bares localizados em diversos pontos da cidade. 

Em alguns casos, discussões terminaram em morte, caso de um empresário que foi morto com golpe de faca na região do tórax durante uma discussão em um carrinho de lanche em frente a uma casa noturna no bairro Conta Dinheiro.

Dois meses depois, no mesmo local, só que desta vez no interior da casa noturna, um homem foi morto após realizar disparos contra seguranças do estabelecimento após uma discussão. Um policial que estava no local realizou o disparo que acabou matando o jovem autor dos disparos e que tinha diversas passagens por vários crimes e acabou evitando uma tragédia maior.

A reunião visou discutir e também trabalhar na prevenção para que os casos de violência cada vez diminuam mais em Lages desde brigas até casos mais graves como lesões corporais graves e homicídios.