Defesa Civil atendeu a algumas ocorrências na tarde desta segunda-feira (14), entre elas, um destelhamento de uma residência no bairro Ferrovia.

Por LD,
Lages/SC

📷 Defesa Civil auxilia moradores de residência destelhada no bairro Ferrovia. (Foto:
Toninho Vieira / ASCOM PML)

A tarde desta segunda-feira (14) simplesmente virou noite com a chegada de nuvens carregadas que encobriram o céu de Lages, na Serra Catarinense, e que logo derrubou o aguaceiro que no início veio acompanhado de rajadas de vento que provocaram algumas ocorrências de danos e que fizeram que as equipes da Defesa Civil tivessem bastante trabalho, felizmente, nenhuma delas foram graves.


Durante a tarde, houve o registro de ocorrências em pelo menos três bairros, Ferrovia, na zona Leste; Santa Helena, na zona Sul e; Santa Cândida, na zona Oeste da cidade. Segundo dados da Epagri/Ciram, durante a tarde até às 18h, a precipitação em Lages ficou em aproximadamente 18 milímetros, mas que deve subir já que a previsão indica chuva durante a noite desta segunda-feira e madrugada desta terça-feira (15).

No bairro Ferrovia, a chuva acompanhada de ventos provocou o destelhamento de uma residência localizada na rua Francisco Pinheiro Melo. Uma das equipes da Defesa Civil levou lonas para cobrir emergencialmente a residência de dois cômodos, onde residem cinco pessoas. No local, houve o estrago de um guarda-roupa e uma cama, relatou a moradora Kátia Melo.

Nos bairros, Santa Helena e Santa Cândida, o problema foi os alagamentos de ruas devido a transbordamento de córregos que não deram conta da vazão da água da chuva e assim acabou entrando em algumas residências.

📷 Defesa Civil / Divulgação

Monitoramento

A Defesa Civil seguirá monitorando as condições climáticas, dando especial atenção aos rios que cortam a cidade e as áreas já mapeadas e consideradas de risco de deslizamentos. “A determinação do prefeito Ceron é de que nossas equipes mantenham o estado de atenção durante as próximas horas”, esclarece o secretário executivo da Defesa Civil, Jean Felipe de Souza.

Em caso de emergência, a população deve entrar em contato no telefone de plantão 199 da Defesa Civil.

📷 Arquivo / LD Comunicação