Ele foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio da Cadanhaduba, em Itajaí, onde aguarda a audiência de custódia que ocorre nesta quarta-feira (9).

Por LD,
Lages/SC



Um funcionário de uma empresa terceirizada que fazia a manutenção e limpeza da agência bancária do Santander, em Balneário Camboriú e que foi alvo de assaltantes no fim da tarde de ontem, terça-feira (8), foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio da Cadanhanduba, em Itajaí, onde aguarda a audiência de custódia nesta quarta-feira (9).

A suspeita é, que o homem de 28 anos, possa ter facilitado a entrada dos criminosos pelo alçapão no telhado da agência. Os criminosos também estavam vestidos com uniformes de manutenção e utilizaram uma escada para subir no telhado da agência. A Polícia Civil acredita que mesmo assim eles precisariam de ajuda para acessar o banco já que o alçapão era fechado com chaves.

O homem ficou entre os reféns juntamente com funcionários do banco e foi ele o atingido por um golpe de coronhada, mas a Polícia Civil acredita que tudo não possa ter passado de apenas um teatro para despistar as investigações já que ele não apresentava nenhum ferimento.

Em depoimento, o rapaz negou envolvimento com os criminosos.

O assalto

O assalto ocorreu no fim da tarde de ontem, terça-feira (8), na agência do Santander localizada na Avenida do Estado, uma das principais de Balneário Camboriú. A princípio, três criminosos participaram da ação entrando pelo telhado da agência e rendendo os funcionários da agência.

Eles conseguiram fugir antes da chegada efetiva da polícia que concentrava esforços no município vizinho Camboriú onde realizava a Operação Saturação no bairro Monte Alegre após um atentado contra um sargento da reserva da PM na última segunda-feira.

O Bope e o Choque foram rapidamente deslocados para o banco, o que pode ter agilizado a fuga dos criminosos que até o momento não foram capturados.