O Guarujá Social ofertará serviços como artesanato, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e cadastros do programa federal Bolsa Família. Além dos trabalhos constantes de prevenção na área da segurança pública realizados pela Polícia Militar.

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML

O prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese participaram na manhã desta segunda-feira (2 de setembro), do ato inaugural da casa Guarujá Social. O espaço localizado no entroncamento da rua Porto Seguro com a avenida 31 de Março, no bairro Guarujá, trata-se de um novo equipamento da prefeitura de Lages, através da Secretaria da Assistência Social e Habitação em parceria com a Polícia Militar (PM) e Associação de Moradores local.

De acordo com o secretário da Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, o Guarujá Social ofertará serviços como artesanato, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e cadastros do programa federal Bolsa Família. Além dos trabalhos constantes de prevenção na área da segurança pública realizados pela Polícia Militar. O horário de funcionamento da casa Guarujá Social será das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Para o presidente da Associação de Moradores do bairro Guarujá, Luiz Borges, esta é a verdadeira política, em que se beneficia e melhora a vida das pessoas. “Uma ação que demorou. Iniciamos o processo de instalação desta casa em 2017, mas agora o sonho, que para muitos era loucura, se torna realidade”, salienta.

O prefeito Ceron salientou que este novo equipamento garante direitos das pessoas que mais necessitam. “Mais importante que a obra física, pronta e concluída, é o trabalho social que será desenvolvido aqui.”

O terreno onde está localizada a casa do Guarujá Social é uma cedência de uso do bem imóvel por parte da Celesc.